Arquivo de setembro, 2010

Tirinha #19

Coxinha da Ofner

–    Fernanda, senta aqui. Precisamos conversar.
–    Que foi, Môr.
–    É sério … não vai ser uma conversa fácil.
–    Já sei! Foi a diarista que limpou o iPad com Veja de novo pra tirar as marcas de dedo e você não agüenta o cheiro, né?
–    Droga! De novo, é?!
–    Iche … você não tinha visto ainda?
–    Nopes… Mas ok … o que eu preciso falar é ainda mais sério.
–    Mais que o iPad!? Deve ser o risco no bumbum da Tucson então…
–    O QUÊ?!!?
–    Ai …
–    Poxa Fernanda! Justo a Tucson!
–    Desculpa, Môr! Foi no dia do rodízio, eu tava com sono e nem vi a moto lá atrás …
–    A DUCATI !?!?
–    … (engole seco)
–    Bom, Fê …
–    Descul – (interrompendo)
–    O que eu vou te falar agora, vai fazer tudo isso parecer coisa de criança.
–    Sério?!
–    É.
–    Mas o q … (mais uma vez)
–    Eu estou mudando pra Rússia.
–    Jura?!
–    Juro.
–    Oba!!! Vamos morar na Europa!!
–    Nã-não … EU estou indo pra Rússia.
–    Como assim, amor?
–    Estou apaixonado por uma outra mulher …
–    (silêncio)
–    Que eu nunca vi de verdade.
–    (mais silêncio)
–    Que eu não sei se vou ver de verdade …
–   (o Nada)
–    E que se eu vier a conhecer um dia, e tiver algo, provavelmente vai acabar com a minha vida.
–    (Stephen Hawking desistindo da ciência e virando pastor evangélico)
–    O nome dela é Anna.
–    Hmmm …
–    Ela foi presa nos Estados Unidos e foi deportada pra Rússia.
–    Dooois …
–    E eu amo ela.
–    (O Big Bang) COMO ASSIM!!?!?
–    Você nunca vai entender, Môr …
–    Num me chama de Môr!!
–    Ta bom, Môr …
–    (Dois Big Bangs) Como você tem coragem de me falar isso!?
–    Mas é a mais pura verdade, Fê…
–    Como um homem pode falar um absurdo desses?
–    A pergunta é : Como um homem pode NÃO querer um absurdo desses!?
–    Mas então você concorda que é um absurdo, seu cretino?
–    Claro que sim! Ela é uma espiã russa. Uma máquina de matar. Uma agente que faria o James Bond parecer o Jerry Lewis …
–    Então como você me fala que está apaixonado por ela?
–    Justamente por isso!
–    Mas ela nem vai saber quem você é …
–    Tudo bem …
–    E que segredo ela vai tentar descobrir de você? A senha do seu iPad?? É 1289! Até eu, que não tive treinamento pára-militar, já sei, Ronaldo!
–    Poxa, Fêr … você descobriu, é?
–    SIM! E me fala! O que vai acontecer ?
–    Eu vou pra Rússia.
–    Como?!?!
–    Amanhã.
–    Quando?
–    De avião …
–    Onde?!?
–    Eu já vendi tudo que era nosso …
–    O quê?!?
–    EU QUERO QUE ELA DESTRUA A MINHA VIDA!!
–    (silêncio)
–    (silêncio)
–    Ronaldo …
–    Oi Fernanda.
–    Isso é pegadinha, né?
–    Não.
–    É aquela russa que saiu em tudo que é lugar?
–    É …
–    A ruiva?
–    Isso …
–    Sei …
–    Até já decorei a música que fizeram pra ela. O refrão diz (cantando em russo) “Руки прочь от наших Анна”.
–    Que bonitinho …
–    É ! Significa : Tirem as mãos da nossa Anna!!!!
–    Palhaço!
–    Desculpa.
–    Claro que não.
–    Eu entendo.
–    E não tem mais volta …
–    Não, Fêr … Eu gosto mais dela, do que a coxinha da Ofner…
–    (soluço)
–    (suspiro)
–    A coxinha da Ofner?!?
–    (concordando com a cabeça, em sinal de respeito à gravidade da situação)
–    Então eu desisto… Se fosse mais que a empadinha de palmito eu até tentava mudar essa palhaçada …
–    Mas não é, Fêr. É mais que a coxinha mesmo …
–    Eu entendi. Não precisa repetir que é crueldade.
–    Desculpa.
–    Tá.
–    Tem um envelope na cama, com um cheque, com a sua metade de tudo que é nosso. Você só vai ter que descontar o conserto do risco na Tucson, porquê o Vavá não sabia disso quando me pagou o preço de tabela cheio.
–    Ele pagou tabela mesmo?
–    Acredita?
–    Poxa …
–    Você tá bem?
–    Não. Nunca mais entro numa Ofner.
–    Eu entendo.
–    E pode ficar com iPad. Agora vou pra minha última aula de russo, se você não se importar.
–    Ok.
–    (ele lentamente ele sai da sala)
–    (ela baixinho) Как утка. *

* “Que nem um patinho.” em russo.

Tirinha #18

Tirinha #17