Arquivo de dezembro, 2011

Calligando o Gikovato

Na infância, eu (um filho temporão de um casal inseparável) pensava que relacionamento entre duas pessoas era sinônimo de casamento. Simples assim. Algo tão distante quanto o gol do outro lado da quadra oficial de futsal do colégio.

Leia mais »