Uma Balada Trágica

Em uma danceteria de Sampa, 5 rapazes bonitões se reuniram para dançar e paquerar, mas uma escrota estragou a noite de um deles. Por volta de 3:00 da madruga, com 3 doses de uísque, um dos rapazes empolgado com a noite começou a dançar sem parar , fazendo com que ela ( a escrota mais conhecida como monster) se interessasse por este rapaz.

Sem conseguir coisas melhores e já desesperado por um beijo, ele fez uma pergunta que em outras ocasiões lhe renderia um fora ou até uma frase muito desanimadora , como “que garoto ridículo”, mas com esta simples pergunta, ele acabou com sua noite:

– Posso te dar um beijo?

Com toda esta dificuldade ele a beijou, após alguns beijos houve uma reação alérgica contra escrotas, seu estômago começou a embrulhar e o resultado de tudo isso foi 1:00 dentro do banheiro da danceteria passando mal e até vomitando.

Mas não se esquecendo dos outros rapazes , eles continuavam dançando e se aproveitando de uma pequena garota denominada pela galera de Ball (pela denominação você que imagine como ela era), uma cena engraçada, foi um dos rapazes sentando de frente no colo da Ball, mas que balada heim ?
Moral da historia, não beba, não fique desesperado, não fique com a sobra da noite, e se você tiver uma amiga como a Ball faça o mesmo ou fuja dela.

Compartilhe!

2 Comentários on "Uma Balada Trágica"

  • teste diz

    teste

  • Rodrigo Konai diz

    gostaria, se possível de que fosse fornecido para mim o e-mail do cronista leitor Rodrigo Affonso Monzillo, ou que fosse informado ao mesmo que o seu amigo de infância, Rodrigo Konai, do colégio nossa senhora do rosário gostaria de entrar em contato com ele.

    meu e-mail é rkonai@hotmail.com

    obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *