Eu Jamais Terei o que Ela Tem

Eu sei que jamais terei o que ela tem. E não suporto mais vê-la aqui, com você , debaixo dos meus olhos, como se tudo fosse normal. Eu sei que você a conhece desde a infância. E que teve com ela alguns dos melhores momentos da sua vida. Sei também que ela estará sempre ao seu lado. Custe o que custar. Doa a quem doer. Perturbe a quem perturbar.

Eu sei que jamais terei o que ela tem. E não agüento. Não, meu amor, eu não agüento mais. Não agüento mais ver a forma terna e carinhosa como você a olha. Não agüento mais sabê-lo fiel, amigo, companheiro e amante de alguém que não sou eu. Eu nunca serei respeitada por você como ela. E jamais terei de você o que ela tem. O seu amor, assim, desse jeito. Sem dúvida ou cobrança. Sem medo e sem distância. Eterno como a doçura de uma dança.

Eu sei que jamais terei o que ela tem. Sei que jamais serei capaz de extrair de seu corpo o seu melhor suor , o seu maior prazer. Coisas que só ela sabe fazer. Sei que ela te fascina. Que te encanta e te domina. Sei que ela te mexe. Te aquece e te ilumina. Coisa rara feito mina.

Eu sei que jamais terei o que ela tem. Sim, eu sei. Sei tanto que não sei compreender. Não entendo essa relação. Esse seu tesão incomparável por ela. Ah, como você se emociona com ela . Como chora. Como grita. Como se inquieta e sofre. E depois, com que força mordaz você sorri.

Eu sei que jamais terei o que ela tem. E por isso quero ter mais nada.
Vou morrer agora. Deitada em nossa cama. E quero que me encontre assim. Sem alma, sem espírito, sem dor. Deixo pra ti apenas o meu corpo adormecido em lágrimas. Algumas pretas. Outras brancas. Já começo a perder os sentidos. Estou indo. Não tenho mais força. Saber que me encontrará desfalecida será a minha última vingança. E por essa imagem, travo agora o meu último sorriso. Não meu amor, eu não te perdôo. Não perdôo esse seu coração assim tão corinthiano. Me enterre antes do próximo jogo. Poupe-me de ter que estar diante de mais um clássico. E continue vivendo feliz. Você e a sua bola de futebol.

Compartilhe!

7 Comentários on "Eu Jamais Terei o que Ela Tem"

  • Doutor… eu não me engano…

  • Luciana Hakozaki diz

    quase me identifiquei com o texto. Achei muito legal recomendei para duas amigas que vão adorar.

    bjo lu

  • Ma diz

    Cartão vermelho para as bolas de futebol! Chega!!!!!!!!

  • paulo diz

    É por essas e outras que nao se deve fazer perguntas do tipo “ou ela ou eu”… :)

  • anninha diz

    Estou simplesmente sem palavras… ainda mais depois delas terem sido tão majestosamente usadas! Não que seja muito, mas sua irreverência ganhou minha reverência!

    O texto está maravilhoso e, diga-se de passagem, totalmente real!!! *rs*

    Está show! Parabéns! Continua fazendo gol assim que tá bonito!!! *rs*

  • paulo roberto vasconcellos diz

    Sinceramente, continuo não entendendo esse ciume que as mulheres têm do futebol, das trilhas, ou de qualquer outra atividade que não seja a de dar atenção a elas.

  • Felipe diz

    Salve o Corinthians…o campeão dos campeões…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *