Grandes Enigmas da Humanidade

Hoje eu acordei intrigado. Várias perguntas insistiam em “martelar” na minha cabeça. Tudo o que eu faço provoca o surgimento de uma nova pergunta, sinceramente não consigo imaginar o que fazer. Antes que eu enlouqueça buscando as respostas para estes grandes enigmas que assolam a humanidade, resolvi passar as perguntas a você, meu leitor, para que, com sua inteligência, possa resolver ao menos alguma dessas charadas.

Começarei por uma das mais conhecidas: Por que a torrada sempre cai com a manteiga virada para baixo? Quer outra? Por que a pizza é redonda? Ela não poderia ser quadrada? Por que o biscoito se chama água e sal se ele não é feito de, somente, água e sal? Se fosse assim o mar seria um enorme biscoito. Isso me ocorreu apenas no café da manhã. Resolvi sair e dar uma volta pela cidade, peguei o carro e saí sem destino.

Passando por um bairro tranqüilo, encontrei um grupo de garotos jogando vôlei no meio da rua. Quando me aproximei com o carro eles levantaram a rede para eu passar e então me ocorreu outra pergunta: Por que nos abaixamos ao passar, de carro, por baixo de uma rede de vôlei? Resolvi procurar a nova casa de um amigo que mudou para aquele bairro recentemente. No rádio eu ouvia California Dreamin, e ao encontrar a rua passei a procurar o número da casa. A primeira coisa que fiz foi abaixar o volume do rádio e, logo em seguida, pensei: Por que abaixamos o volume do rádio do carro ao procurar algo?

Depois de rodar um pouco encontrei a casa. Entrei e meu amigo assistia televisão, fato que me fez pensar: Por que a série se chamava Missão Impossível, se eles sempre conseguiam realizar as missões? Ou então, por que a novela da Globo se chama novela das oito e começa sempre às nove horas? Mais uma: Por que o Super-Homem usa cueca por fora da calça? Quer outra? Como o Freddy Krueger faz para se limpar no banheiro? Bem, talvez ele seja canhoto… Ainda sobre televisão: O piu-piu é macho, fêmea, ou nenhum dos dois?

Já que falei sobre banheiro, aí vão mais alguns questionamentos: Onde vai parar a cor do sabonete? A espuma é sempre branca. Por que o Pato Donald se enrola na toalha ao sair do banho? Ele não usa calça mesmo… Por que quando vamos tomar banho temos a mania de avisar? A gente sai gritando: Vou tomar banho! Existem outras: Por que alguns cocôs bóiam e outros afundam? Mas deixa pra lá, já estou indo muito longe no quesito banheiro…

Saí da casa de meu amigo no instante em que começava uma partida de futebol na televisão. Aliás: Por que os jogadores de futebol ficam cuspindo no gramado? No caminho de volta para casa fui pensando: O que acontece quando um tubarão martelo encontra um macaco prego? Cheguei em casa com o telefone tocando, era uma amiga minha reclamando da briga que ela teve com o namorado:

– Os homens são todos iguais!

Falando nisso: Se os homens são todos iguais, por que as mulheres escolhem tanto? Perguntei isso a ela, como resposta ouvi o telefone sendo batido em minha cara. Cansado de tantas perguntas liguei a tevê, passava um filme de terror. Mando outra: Se uma casa é mal-assombrada, o fantasma é incompetente? Para encerrar mando mais duas: Por que os cronistas escrevem tantas bobagens? Como você conseguiu ler até aqui? Parabéns e obrigado!

Compartilhe!

7 Comentários on "Grandes Enigmas da Humanidade"

  • Deise diz

    eu respondo sua última pergunta: Os cronistas escrevem tanta bobagem por que eles são as únicas pessoas que conseguem expressar de formas simples e objetiva as coisas mais simples da vida de um ser.E que muitas vezes são tomadas como “bobagens”, por pensarem que não faz sentido.

  • Felipe diz

    Aqui quem escreve é o próprio autor do texto. Gostaria de dizer que, caso tenham gostado do meu texto, visitem meu site: http://www.oseucronista.hpg.com.br

    E se gostaram muito, escrevam para o Cronistas Reunidos e peçam para que eles publiquem mais textos meus…he, he, he…

  • Karoline diz

    Após ler esta crônica percebi que o cronista conseguiu me conquistar ainda mais mostrando sua inteligência, bom humor e sensibilidade, além de ter um site ótimo, com a parte gráfica impecável.

  • Ma diz

    Por que? Não se preocupe em entender meu caro…

  • Ju diz

    Bom, a torrada cai com a manteiga virada pra baixo porque não dá tempo dela dar uma volta inteira no ar, antes de chegar ao chão. Pelo menos foi o que me explicaram…

    Acho que O piu-piu é macho. Se fosse fêmea seria A piu-piu.

    Agora vou tomar banho.

  • Sérgio diz

    Na verdade achei a crônica meio pilantra. Acho que é porque recebi um e-mail piada com as mesmas questões que você colocou no texto…

  • Felipe diz

    Olá, Sérgio!

    Aceito as críticas da mesma forma que os elogios. Acredito que, nos dois casos, algo pode ser acrescentado. Esta crônica foi apenas uma “seleção” de perguntas comuns ao dia a dia de todos. Isso é crônica: falar sobre o dia a dia de todos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *