Tudo de novo

Queria ter um gravador de vida. Ia, então, poder parar e rever, de vez em quando.

Parar nas risadas e rir, de novo.
Em longas crises de choro e sentir a dor e chorar, e engatilhar novos choros engasgados.
Rever olhares de obrigado e sorrisos ternos e curiosos.
Rir das besteiras e erros cometidos, sabendo o que poderia ter feito diferente.
Olhar nos olhos daqueles que sei que nunca mais, mais uma vez.
Ouvir conselhos novamente, e quem sabe até passar a seguí-los.
Lembrar dos que tenho que agradecer e que passaram sem nada.
Curtir momentos que passaram com gosto de coisa que quer ficar.
Saber de coisas que sabia, mas que esqueci no meio do caminho, há tempos atrás.
Reaver a fé nas coisas mais puras e certas, que se sujaram, perderam ou erraram nos tantos piscares de olhos que já foram.
Amar amigos de novo, como no dia do primeiro encontro.
Imacular de uma vez momentos de mágoas impensadas.
Sonhar de novo o mesmo sonho de menina.
Deixar cair uma lágrima de saudade ou de beleza da pura magia dos momentos mágicos.
De novo, acreditar no amor e nos sonhos mais impossíveis.
Saber-me certa, apesar de erradamente ignorante.
Rever os fatos-prova de que hoje estou errada e poder, então, mudar de idéia.

Lembrar, quando quiser, e poder sentir de novo os altos e baixos, sabendo finalmente que tudo vai realmente acabar bem.

Compartilhe!

17 Comentários on "Tudo de novo"

  • Ana Seabra diz

    Está lindo, priminha !

    Mas mesmo o que está para vir para ti, irá acabar bem !

    Fica o meu voto !

    Beijinhos de Portugal !

  • Ma diz

    Anna, este gravador que vc fala, já temos. Chama-se memória, e às vezes falha. Até um iMac falha! Mas pense no que está por vir, porque, como disse alguém, é melhor preocupar-se com o futuro, afinal é lá que vc passará o resto da sua vida!

    Parabéns. Também fiquei com vontade de dar um upgrade no meu gravador…

    Bj

  • Pati diz

    Parabéns, Nana! Você já está uma fera nas crônicas… Adoro lê-las, são muito gostosas, dá vontade de ler de novo…. de novo…. de novo…

    Beijinhos

  • Lívia diz

    Anninha

    SHOW DE BOLA!!!!! Sucesso pra ti e que vc me envia cada mais textos LINDOS!!!

    Tudo de bom e SAUDADES

    Beijos

  • Ana Corina diz

    Oi querida, parabéns!!!!! Não sabia que você estava escrevendo, só recebi este teu último e-mail e fique muito feliz!!! Hoje é meu aniversário e ler teu texto foi um ótimo presente!!!! Felicidades e boa sorte! Vê se aparece aqui em Floripa quando puder.

  • sandra suda diz

    Ola amiga,

    Como sempre a narrativa está sensacional!

    Voce fez uma bela retrospectiva, o txto está ótimo.

    Mas que tal aproveitar o inicio do ano e fazer planos brilhantes para 2002? Vamos encher de alegria nossas vidas, erguer a cabeça e rir, rir muito de tudo, imprimir nossa marca – nosso jeito – no final dá tudo certo!

    Beijos,

    San

  • Darcy diz

    Ana,

    Parabéns!! Você começou o ano refletindo e fazendo com que os seus leitores sigam as suas reflexões ( que são de todos nós), de uma maneira muito agradável e suave. Um beijo e continue.

  • Mo diz

    Oi anninha

    Que lindo que ficou!

    Parabens! Logo mais teremos mais um livro em familia!!!

    bjos

    Mo

  • Jose Carlos diz

    Ola, que tal?

    Parabéns! O texto poderia participar de um relato de memórias (em comum).

    Continue e tenha um grande ano.

    Zeka

  • Ana Paula diz

    Oi Anninha!

    Achei muito linda a crônica, realmente faz a gente pensar como sentimos tanta saudade do que já passou. Nunca é tarde pra recomeçar, reconstruir, reavaliar, repensar, nunca é tarde pra ser feliz. E fiquei muito feliz com a sua inspiração.

    Beijos saudosos. Aninha (HP)

  • Isabela diz

    Anna,

    Adorei!

    continue me emviando as suas crônicas sempre que puder.

    Um beijo,

    Isabela

  • Fernanda diz

    Anna,

    Como eu gostaria de ter uma sensibilidade como esta que você tem. Ao ler seu texto,pude me lembrar de coisas e pessoas que passaram na minha vida. Sinto saudades de muitas coisas e sei que várias não voltarão mais. Se eu pudesse voltar no tempo, aproveitaria tudo aquilo que passei como se fosse os últimos momentos de minha vida!!!!

    PARABÉNS!!! Continue escrevendo e me mande sempre que puder.

    Um grande beijo de sua sempre amiga,

    Fernanda de Souza Pinto

  • margarida diz

    Anninha, bom te ver de novo no ar e cada vez melhor…

    Caminha, menina, caminha que o caminho é longo e cada passo repete um passo lá de trás, re-vivido hoje em algum outro ponto “avançado” do caminho.

    Beijos mil.

  • Dalton Hasegawa diz

    Annovisk!!!

    Tudo bem? Que saudades! Do outro lado do mundo tenho muitas e muitas lembrancas suas. Estao na memoria e nunca serao apagadas. Quero ter mais momentos juntos a ti. Flashback eh nostalgico. E viver o presente eh escrever este email a voce.

    beijos

    del

  • Renata diz

    Anninha,

    O verdadeiro gravador da vida com certeza está em nossas lembranças, dos bons e maus momentos porque passamos, e que hoje serve de aprendizado.

    Adorei sua crônica pois no exato momento em que a li, despertou em mim os bons momentos porque passei e que infelizmente não voltam mais.

    Beijos da amiga,

    Re.s

  • Solly diz

    Anninha,

    Parabéns! Está comovente e nos faz refletir!

    Sucesso!

    Beijos

  • Fabrício Cruz diz

    Suave e simples. Bom texto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *