Afinal, qual profissão seguir?

Outro dia desses, eu estava falando com um amigo meu sobre escolher profissões. Estou fazendo ADM em MKT, falou pomposo. É mais amplo. Falei que quem faz ADM, além de ter uma visão bem ampla, tem que ter um c… bem amplo também. Minha família quase toda tomou o rumo do paletó e gravata. A barriga do meu tio Jorge, por exemplo, não vê a luz do sol faz uns 3 anos. Meu amigo, coitado, enveredou pelo mesmo mundo das baias e escaninhos. Está estudando para ser administrador. Vê se pode: ADM em MKT. Taí uma combinação consonantal que não me desce a garganta. VÁTKTÁ! ADM em MKT? É como vagina de meretriz. Você não tem idéia do lugar onde está entrando. Pode até dar um certo prazer. Uma sensação de alívio. Cara, vê se faz uma coisa que dá tesão – aconselhei.

ADM dá tesão cara – retrucou o marketeiro. ADM é como as batalhas campais dos séculos passados. Vacilou, morreu. Só sobrevive quem é bom com a espada (isso vale para ambos os sexos). Só você que não quer ver: ADM é um tesão, pura adrenalina. Trabalhe como um condenado, rale feito um estagiário, puxe o tapete dos outros e, no final, o trabalho vai te recompensar com o imenso tesão de ter uma secretária só pra você. E você, é claro, vai despedir aquela secretária velha, gorda e eficiente, vai despedir a sua esposa e vai contratar uma secretária bem gostosa. Quer aventura? Faça ADM ou vá viver como um pobre. Prefiro ADM – argumentou.

Pensando por esse lado – ponderei – até que dá um tesão. MAS VOCÊ SÓ VAI GOZAR LÁ PELOS QUARENTA ANOS. Eu quero gozar hoje. E amanhã. E, com o divino perdão da expressão, todo santo dia.

Como eu gosto muito dos meus amigos, resolvi tentar ajudar esse jovem sofredor. Apliquei-lhe um teste vocacional infalível. Todo ser humano deveria fazer. As damas que me perdoem, mas não é machismo nem nada. As perguntas abaixo foram relacionadas para um homem responder. Se você, caro leitor, for do sexo feminino, faça os devidos ajustes. Todavia eu recomendo seriamente que as senhoritas façam esse teste no aconchego do meu divã. O que Freud não explica eu posso mostrar de um jeito mais prático.

Voltando ao teste, comecei: Qual área você mais gosta: Exatas, humanas, biológicas, bunda, peito ou um conjunto bem equilibrado? Hummm….Peito! Resposta até que sensata. Continuei. Agora responda rápida e sinceramente. Qual é o primeiro carro que vem à sua cabeça? Na lata veio a resposta decor e salteada: Golf GTI Turbo 1.8 140 HP. Carárroles! Mais uma sigla, porra! Por que todo administrador gosta de siglas? É FMI, BC, FUDÊ, FHC, HP, ESTAT, MKT…PQP!!!! Tudo bem. Essa eu perdôo. Vamos tocando em frente. Questionei-o ainda mais uma vez: você se considera preguiçoso, muito preguiçoso, mais rápido que uma lesma, mais inteligente que um asno ou menor que o Chapolin Colorado (perguntei isso porque ele é baixinho como eu)? Menor que o Chapolin – respondeu já irritado.

Coloquei os dados do meu amigo no meu PC (aproveitando uma carona nessa onda de siglas do administracionês). Dentro dele tem um programa que cruza os dados do analisado, como se fosse um BAT-Computador, só que é uma fábula mais moderna: um sistema de ERP-SAP. Meu amigo, como todo bom administrador, meteu na cabeça a idéia de instalar um desses na sua empresa. Assim, acredita ele, a empresa valoriza, o banco de dados fica mais integrado com o MKT e…..e chega de bullshit (senão a SAP vai me processar).

Aí veio toda aquela ladainha do Mr. Gates. Primeiro o “PAM!!!” e aquela janelinha-cinza-frieza. Depois o bom e velho “waiting-for-connection”, seguido do seu bom amigo “you-have-been-disconnected”. Byte vai, byte vem, byte-catar-computador-filha-da-puta…78% complete…pronto, ou melhor, ready.

Nosso grande oráculo moderno respondeu: Se você acha que vai ser rico, casado com uma peituda, dono de um Golf GTI Turbo 1.8 140 HP e feliz, então desista. Apenas 0,00000456389% de todos os homens formados em ADM são bem-aventurados. O resto deles faz parte de um mundo cheio de escaninhos, reuniões tediosas, baias, memorandos, memórias e arrependimentos. Foi assim que o Programa respondeu. Frio e calculista. Depois arrematou: profissões sugeridas para o perfil digitado: 1- cafetão (aí ele pode ter uma peituda e um carro fodidos), 2- Manobrista (ele pode roubar um Golf do estacionamento, seqüestrar uma peituda, roubar um banco e, já que ele vive no Brasil, pode ser feliz para sempre) e 3- dublê do Chapolin Colorado.

Confesso que fiquei surpreso com o resultado. Esperava um pouco menos para o perfil do meu amigo. Afinal, depois de anos de estudo em excelentes escolas, eu não acreditava que ele ainda tivesse capacidade de raciocínio suficiente para ser um cafetão.

Vou me embora, está ficando tarde – falou o desolado. Eu insisti: que tarde que nada! São apenas duas horas da tarde e você ainda está no primeiro semestre. Já está tarde, falou retrucando. Já passou da hora de eu tentar ser alguém, de tentar ser humano, de tentar ser feliz – falou ele com aquela voz pastosa de choro.
Lá foi ele. Largou ADM. MKT nem pensar. Ele é meu ídolo. Ainda bem que eu já sei o que eu quero ser da vida…o que era mesmo?…Ah, deixa pra lá. Isso eu nunca vou saber mesmo. Um dia desses talvez eu descubra. Só não quero ter sobrenome de empresa, do tipo: sou o Fulano da Coca-cola ou José da Jonhson. Quero ser eu, quero ser minha própria carreira, minha própria vida, quero ter meu próprio sobrenome.

E como dizia o velho Vinicius de Moraes: no final das contas o que sobra é uma laje e embaixo escuridão. Tô com ele e não abro. Garçom, desce mais uma rodada. Preciso de mais uma loira. Amanhã tenho que chegar cedo no trabalho para redigir um memorando antes da reunião.

Compartilhe!

3 Comentários on "Afinal, qual profissão seguir?"

  • Rafael diz

    Muito bom, Wagner. Especialmente as letras miúdas ….. hehehehe

  • Carla diz

    Oi Mau!! Desse jeito você vai ficar famoso, hein?! Li umas três crônicas suas e aprovo todas!! Continue publicando!!

    Beijos

    Carlinha

  • Juliana Furtado diz

    Mau!!! Como eu já tinha lido a crônica na pré-estréia, já te falei o que eu acho, mas vou registrar aqui tb: muito legal!!! Continue exercitando sua criatividade e bom humor!

    Beijos,

    Ju

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *