Terceira Idade em Ação!

Idosos ativos no Brasil transformaram-se em mitos. Já foi-se a época que jogávamos futebol de botão com nosso avô, assim como já foi o tempo que tínhamos uma legião esmagadora de jovens em nossa população. Temos que incorporar, agora é a vez dos veteranos.

Certo dia fui ao parque do Ibirapuera, disposta a me exercitar, encontrar outros atletas e o que encontrei foram senhores e senhoras tomando conta da barra de alongamento próxima ao portão do parque. Entrei no pique da turma mas parei na metade da caminhada por culpa do meu sedentarismo tão contemporâneo, devidamente justificado pela minha longa permanência no trabalho.

Hoje quando perguntamos para um senhor de setenta anos, se ele pudesse voltar no tempo o que ele faria, ele nos responde que trabalharia menos e aproveitaria mais a vida. E é aí que está a resposta desse fenômeno, a terceira idade para o brasileiro é tempo de aproveitar a vida. Nossos conceitos sobre momentos prazerosos são rigorosos, somos muito exigentes quando se trata de felicidade, por isso esquecemos de desfrutar nossa juventude.

Eles dançam, correm, pulam e ainda têm tempo para ouvir as histórias que seus netos contam sobre suas aventuras na escola e nós, jovens de carteirinha com muito orgulho, nunca temos tempo pra nada.

Agora é hora de tomar nota da lição da vida, e reconhecer que vivemos dos resquícios dos momentos que consideramos felizes e que são tão raros. Precisamos enxergar felicidade em coisas pequenas, até mesmo em nossas supostas obrigações.

Não é preciso ser um veterano para aproveitar a vida. Temos que aprender com essa turma e começar a viver desde já, com a convicção da recompensa imediata, sem aquelas barreiras impostas por nossos próprios limites que são tão obsoletos.

Compartilhe!

5 Comentários on "Terceira Idade em Ação!"

  • Juliana K. diz

    É isso aí! Dizem que sou fatalista, mas acredito que podemos morrer a qualquer momento, então por que esperar para aproveitar a vida? Pessoas saudáveis morrem subitamente e fumantes inveterados vivem até os cem anos…a vida não é regra, mas exceção.

  • Rafael diz

    Poxa Paula, acho que você mandou muito bem e que encontra algum tipo de inspiraçnao em coisas que eu também percebo. Me identifiquei bastante com seu texto, parabéns.

  • Engraçado que eu cada vez mais tenho pensado nisso. Gostei muito do seu texto.

  • paula diz

    Obrigada por todos elogios!!!!

    Gosto muito dos textos que vejo aqui tb e acho essa uma iniciativa ímpar.

    Parabéns!

  • Anna Célia Dias Curtinhas diz

    Olá Paula,

    Gostei muito da sua crônica. É isso aí mesmo o que vc disse. Parabéns! Sou de Vitória ES, tenho 57 anos e faço hidroginástica há 11. Faço também caminhada e sou catequista há 20 anos.Nas horas vagas eu bordo, faço doces, crochê, cuido das netinhas e escrevo crônicas. Gostaria de fazer parte dos Cronistas Reunidos. Um abraço. Anna Célia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *