Você Decide

Nota dos Cronistas: recebemos esse texto no dia 25/07, antes de o Brasil ser penta. Apesar do atraso, valem o registro e a discussão filosófica do futebol, sempre atemporal.

Especialmente agora, época de copa do mundo, o assunto é sempre o mesmo. Seja nos botecos, nas festas, nas lojas, no trabalho ou, como bem nos contou o mestre Adelmo Leonel, até nas filas de banco! A conversa é uma só: Futebol.
Já que o papo é esse, então vamos lá: Independente das burradas do Felipão, da ida ou não ida do Romário, da fraca defesa verde e amarela, e etc, tenho uma duvida que gostaria de compartilhar com vocês. Duvida esta que me persegue desde o ultimo jogo do Brasil e, como não sou um “especialista” no assunto, não saberia responder com certeza, qual a resposta correta. Portanto, aproveitando época tão oportuna, conto com a ajuda de vocês para redimir de uma vez por todas essa pendenga.

Em nossas reuniões festivas, nas quais a “tchurminha” se encontra, independente de ser ou não copa do mundo, o assunto futebol sempre pinta, algumas vezes em tintas fortes e coloridas, outras vezes em cores pálidas e acinzentadas, porem está sempre na pauta do dia. Afinal, não é à toa que cerveja rima com “peleja”! Pois bem, numa dessas festas, após o chorado 2×0 contra a Bélgica, a bola tava correndo solta com Waguinho de um lado e Pezinho do outro. Esclareço:

Waguinho é Wagner Lemos Soares Maia, dono da Village Imóveis e filho do saudoso Dr. Breno Soares Maia. Waguinho, ou melhor, professor Wagner, comandava seus alunos nos idos e bons tempos do colégio de Passos, professorando tanto questões acadêmicas como esportivas, com sábia autoridade.

Pezinho é João José Stockler Calixto, meu tio e filho da nossa querida Vó Ritoca. Grande atleta em sua juventude, campeão “Junior” da então alardeada Copa Tiradentes de futebol de salão, até hoje futebolista juramentado, e palmeirense roxo.

Assim sendo, argüiam ambos:

– O mais importante, o burro do Felipão não há meio de por na cabeça: é o esquema tático. O passe! De dez passes, aqueles pernas-de-pau não tão acertando nem dois! – dizia irritado Pezinho.
– O pior não é isso não Pezinho, o Felipão precisa trabalhar melhor é a finalização. Os três Rs têm é que desentortar o pé. Acertar o gol! – argumentava o professor Wagner.
– Ora Waguinho, o gol só nasce de um passe bem feito!
– Tudo bem… Mas do que adianta um passe bem feito se o atacante tem pé torto e manda a bola pra fora?
– Tudo bem também… Mas muito mais importante é o passe!
– Nada disso. Mil vezes mais importante é o gol! Nunca vi time nenhum ganhar só dando passe bonito. Só ganha quem faz gol! Lembra da seleção de 82, do Paolo Rossi? Quem não faz, toma…
– E eu também nunca vi time nenhum ganhar sem pelo menos um passe bem feito, que é de onde se origina o gol. Portanto o passe é mais importante!
– Larga de sê bobo Pézinho! Cadê a tática no jogo contra a Bélgica? O time estava todo desarrumado, e ganhamos! O GOL é muito mais importante!
– Certeza q’ocê nunca jogou bola Waguinho… Mesmo contra a Bélgica, os gols só saíram por causa de 2 passes bem feitos! O PASSE é tudo num jogo!
– Nada disso, é o GOL!
– Lógico que é o PASSE!
– É o GOL!
– É o PASSE!

E a coisa se inflamou a tal ponto que chamou a atenção de todos na festa, e logo todo mundo queria participar com uma opinião… Era tanto palpite que nenhuma conclusão foi possível. Balburdia total.

Na tentativa de organizar a pendenga, armamos então uma “enquete” (palavrinha em moda esta, não?). Botamos a polêmica em votação.
Votantes devidamente contados e catalogados, urna arrumada, a votação iniciou-se… Terminado o plebiscito, e após angustiante espera pela esclarecedora resposta das urnas, o resultado:

– 3 votos nulos, 2 abstenções, 13 votos “GOL”, 13 votos “PASSE”…

Xiiiiii! Deu EMPATE TÉCNICO! Portanto, mais uma vez peço a sua ajuda.

– Se você acha que o mais importante num jogo de futebol é o PASSE, ligue 3521 9033.
– Se você acha que o GOL é o que vale numa partida de futebol, ligue 3521 7557.

A decisão é sua!

Compartilhe!

4 Comentários on "Você Decide"

  • O mais importante no futebol é encantar o torcedor. Com passes bem feitos e gols nada tortos. É ou não é?

  • Jacaré diz

    Belo texto!

    E onde aparece o drible nessa história? O drible é a antítese do passe, o caminho mais longo para o gol. Egoísta por natureza.

    Sem passe não há gol; sem gol não há vitória. O drible não tá nem aí. Sem ele não há espetáculo.

  • Felipe diz

    E a defesa do goleiro?? Onde está a importância…???

  • Marilia diz

    Paulo,de futebol pouco entendo, porém lendo seu texto voltei 20 anos da minha vida.Você é sobrinho do Tatão?Gostaria de ter noticias dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *