Fato

Olha procuro sempre um jeito melhor de dizer isso mas não acho. Sempre que digo as pessoas ficam assustadas e nem querem escutar minha explicação. Passo por homicida, anti-semita ou no mínimo anti-social. O fato é que, EU ODEIO GENTE. Isso, falei, pronto. Odeio o ser humano. Não todos, só ele.

Agora vou me explicar.

É lógico que os exemplos aqui não podem ser aplicados a todos os seres humanos mas sim a massa.

Cinema. Adoro cinema. Mas do mesmo jeito que eu amo o Rio de janeiro. Adoro o local mas a freqüência é péssima. Quando assisto um filme não vou lá pra falar. Se fosse pra falar iria a um Sarau ou coisa parecida. Não vou no cinema pra falar que tal cena é impossível, pra dizer que a tomada foi mal feita, para informar que eu conheço tudo sobre o ator principal, muito menos pra gritar que a atriz principal é “UMA GOSTOSA”. Isso tudo me irrita muito, e é causado por gente. Sempre tem ao menos um indivíduo pronto para falar. Num lugar onde tudo que você tem que fazer é escutar e ver.

Amo meus amigos, pais, namorada, o próximo mas odeio gente.

Odeio gente que fala mal do gosto dos outros. Odeio gente de mal gosto. Tem coisa pior do que ver gente se achando gente. Acha que está lindo, acha que é original, acha certo, acha errado.

Odeio hipocrisia natalina. “Te liguei pra desejar feliz natal”. Grande coisa, pra que ligar no Natal, dia em que nem você nem ele tem tempo pra conversar direito. Liga num dia qualquer, isso é legal, aí sim significa alguma coisa.

Odeio trânsito. Odeio os lerdos, odeio os apressados. Existe uma fila para entrar a esquerda de 15 carros. Mas gente é muito malandra para esperar. Tem que ir pela direita pra cortar todo mundo. Gente não pode esperar o farol abrir, tem que buzinar. Odeio buzina.

Odeio shopping. Cheio. Chiiii. “Charles vem aqui, solta o cadarço do homem”.

Odeio “politicamente correto”, pela frente acaricia o cachorro, por trás compra casaco de pele.

Odeio a mim mesmo, cheio de palavras mas com pouca ação.

Odeio tudo. Amo tudo.

Compartilhe!

4 Comentários on "Fato"

  • Ricardo diz

    Quer um abraço, cara?

    Se quiser, é só falar ….

    Que bom que vc escreveu, tava com saudades disso!

  • malena diz

    feliz natal! he he he….

  • Murilo Boudakian Moyses diz

    Kris,

    Muito bom. Eu também odeio várias coisas, mas se eu falar eu certamente irei ser espancado. Odeio ser espancado.

  • maria margarida cruz diz

    Muito bom, Kris. Tenho estado meio fora, mas foi bom reencontrá-lo com esse ódio de gente que é pouco gente e pensa que é muita coisa. Porque gente que é gente você deixou bem fora dessa. Valeu, Kris.

    E feliz natal pra você. Hoje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *