Ponto de vista

– Nhan han humpf er…Alô.
– Rô?
– Nham han pufpuf er er…Quem tá falando?
– É a Su, Rô. Você está dormindo?
– Nham puf… Agora não mais. Que Su?
– Como assim que Su? Sou eu. Suzana. Sua ex-namorada..
– Ahhhhh Su. Porque não disse que era você? Me desculpa gatinha. Como é que você está?
– To ótima e você?
– Tranquilo. Pô, engraçado, estava pensando em você esses dias. Em nós dois.
– Ah é? Que coisa. Então, liguei só pra dar um “oi”. Manter contato.
– Lógico. Legal você ter ligado. Uma surpresa. Depois de tudo….
– É na época foi bem difícil..
– Terminamos de um jeito bem conturbado.
– É bem verdade Rô, mas desencana, não pra liguei pra falar sobre isso. O que passou, passou. Creio que somos adultos o suficiente para separarmos bem as coisas e nos relacionarmos sem problema.
– Claro, com certeza.
– Mas me diga, como estão as coisas?
– Ah tudo jóia. O de sempre né. “Facul”, balada, cineminha. E você?
– Eu também. Só na balada que estou em falta. Agora namorando né…
– Ah! Tá namorando?
– Tô sim, já faz 9 meses, super felizes. Já fazemos planos até de casamento. E você?
– O que tem eu?
– Tá namorando?
– Ah sim. Mais ou menos. Mas acho que tô.
– Como assim “acho que tô”?
– Não. Quer dizer. Estou sim. Claro que estou. Ela é linda. 27 anos.
– Ah tá. Mas você tomou jeito né? Não é mais canalha como na minha época?
– Claro que não. Sou um novo homem. Outra mentalidade. Consigo ter amigas numa boa. Sem segundas intenções.
– Nossa Rô, que bom saber disso. Fico feliz.
– É, to feliz também. Aliás falando em amigas podíamos combinar de sair essa semana. Depois da “facul”. Aliás você estuda a noite ou pela manhã?
– Tô estudando a noite. Na mesma classe da Rutinha.
– Putz a Rutinha. Faz tempo hein. Aliás e o resto do pessoal? Tem visto?
– Só a Rutinha mesmo.
– Ah lógico, vocês são inseparáveis.
– É. Somos irmãzinhas praticamente. E você? Tem contato com o povo?
– Todo mundo na mesma Su. O Duda com a Raquel, brigando brigando mas sempre juntos. O João perdido como sempre, agora tá numa onda Hare Krishna. Ligo de vez em quando pra eles mas nada muda. Aliás, me diz uma coisa, seu telefone continua o mesmo?
– Nossa, o Duda ainda está com a Raquel??? Que legal, esses vão casar!
– É o que todos dizem. Mas é ruim do Duda casar. Aquilo é um traste.
– Verdade.
– Su, me desculpa, mas tenho que sair agora. Lembrei que tenho dentista. Depois nos falamos hein, temos que nos ver.
– Um beijo Rô.
– Beijo.

:::::::::

– Alô?
– Fala Su. Tudo bem
– Oi Lili. Não sabe da última!
– CONTA, CONTA!!!
– Liguei pro Rô.
– NOSSA! Aquele cafajeste, te tratou tão mal e você ainda liga pra ele?
– Ah Lili, foi justamente por isso. Tenho que provar que estou totalmente recuperada.
– É verdade. Mas e aí? Como foi?
– Falei com ele numa boa, como uma pessoa civilizada.
– Jura???
– Juro amiga. Acho que agora coloquei um ponto final no assunto. Ele entendeu que podemos ser amigos numa boa já que não sinto mais nada por ele e nem ele por mim.
– Ai, que bom Su. Ainda bem que isso acabou de uma vez por todas.

::::::::::

– Fala sua bicha!!!
– Faaaaaala Rodrigão como é que tá?
– Beleza. Você não sabe da última? Lembra daquela minha Ex, Suzana?
– To ligado.
– Vou comer de novo!

Compartilhe!

2 Comentários on "Ponto de vista"

  • Rodrigo, seu canalha!

  • Sensacional, simplesmente. Acho que vou ter que te eleger como meu cronista favorito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *