Carinha triste

– :-(
– Que foi?
– Nada.
– Fala.
– Nada não!
– Porque está triste?
– Não to triste.
– Ah então ta bom.
– :-s
– Que que foi?
– Nada.
– Pode falar.
– Não é nada não.
– Fala, alguma coisa tem.
– É besteira.
– Pode falar. Se está te incomodando não é besteira.
– É que eu vivo te enchendo o saco com essas coisas. Não quero ser uma chata.
– Não é chata não. Quero seu melhor.
– É que…
– O que?
– Ah, deixa pra lá.
– Não quer falar mesmo?
– Melhor não.
– Você quem sabe amor. Se quiser sou todo ouvidos.
– Melhor não.
– Ok, então.
– …
– Como estão as coisas?
– Tudo indo.
– Indo? Que desânimo é esse?
– Nada não.
– Olha amor, assim não dá, você fica triste mal fala comigo, eu pergunto o que é e você não responde, tento te ajudar e você não colabora. Fica complicado.
– :’-(
– Que foi, não precisa chorar.
– :-(
– Me fala porque você está triste.
– Porque você brigou comigo.

Compartilhe!

4 Comentários on "Carinha triste"

  • Thaís diz

    :o) que cronica bonitinha!!!! :o)

    adorei!

    beijos

  • diz

    Mais um que está ficando fofo.

  • Murilo Boudakian Moyses diz

    Mania de ofender as pessoas!

  • diz

    Você não gosta de fofos? Só porque eles têm a cara do ursinho do amaciante?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *