Quer namorar comigo?

– Ahn?
– Quer namorar comigo?
– Pra quê?
– Como assim pra quê?
– Não. Quero dizer. Qual a razão disso agora? Estamos tão bem?
– Estamos?
– Estamos. Não estamos? Achei que estávamos.
– Quem disse?
– Nós. Ontem inclusive. Comentamos que nossa relação era ótima assim. Esporádica, sem rótulos.
– Sim, mas hoje não acho isso.
– Mudou de idéia assim?
– Sou mulher.
– Verdade.
– Mas você quer ou não quer?
– Veja bem.
– Xiiii…
– Não. Sério. Como você me faz uma pergunta dessas. Assim do nada. Ainda mais pela internet.
– É o que estou sentindo. Mas pelo que parece você acha que não sou mulher pra namorar.
– Não é isso. É que sei lá. Estamos tão bem, mudar pra que?
– Não vamos mudar nada.
– Então ficamos assim.
– Não. Não é isso. Muda mas não muda.
– O que muda?
– Queria poder te ter sempre ao meu lado, ter segurança, falar pro mundo que você é meu.
– Sou seu?
– Isso.
– Mas, bem, quando estou com você sou seu.
– E quando não está?
– Quando não estou penso sempre em você.
– Olha, numa boa, se não quer fala logo que não e pronto. Estou pronto para meu “fora” virtual.
– Não é assim querida. Não quero te dar um fora. Adoro ficar com você. Você é diferente, é única. Só não acho que devemos assumir rótulos agora. Pra que se sabemos que nos damos tão bem?
– É verdade.
– Não é?
– É.
– Que bom que você entendeu.
– Mas deixa eu te perguntar uma coisa.
– Fala.
– Tem outra mulher na jogada né?
– Ah querida, não fala assim. Não tem ninguém.
– Eu desconfiava que tinha, mas não queria acreditar.
– Ta doida? Não tem ninguém.
– Então o que é?
– O que que é?
– Você não quer namorar comigo, algum motivo tem.
– Mas…acabei de te explicar.
– Não acredito.
– Eu to falando.
– Sou ruim de cama?
– De jeito nenhum.
– Faço errado né? Eu sei que tem posições que não consigo mas você tem que entender que minha elasticidade não é boa.
– Não é nada disso.
– E sobre aquilo que aconteceu nesse final de semana, eu juro que não foi o que pareceu. Li na internet que acontece direto.
– Eu sei querida. Acontece mesmo. Eu não ligo.
– Então o que?
– O que?
– Vai namorar comigo?
– Amorzinho, já te disse. Não é nada com você, só não acho que agora seja o melhor momento para namorarmos.
– E quando vai ser?
– Não sei. Vai saber. As coisas podem mudar.
– Humpf.
– Não fica assim.
– Ta bom.
– Que bom.
– …
– …
– Já sei qual é o seu problema?
– Meu problema?
– É. Seu problema.
– Ok, qual o problema que eu nem sabia que tinha.
– Você tem problema com compromisso.
– Hein?
– É, falta peito para assumir um compromisso.
– Ta bom então. É isso.

Assim se encerrou o papo, afinal, como explicar que era ela quem não tinha peito. Não tinha peito, não tinha bunda, não tinha perna….

Compartilhe!

10 Comentários on "Quer namorar comigo?"

  • impressionada diz

    que podre!

  • Anônimo diz

    não tinha perna é fod….

  • Thaís diz

    Me espanta que ele ainda aceite ficar com ela, mesmo que em segredo. Hahaha.
    Brincadeira.
    Tadinha, isso é o de menos!
    Beijos

  • Fábio diz

    “Ainda mais pela internet.”
    Sensacional…

  • Jaque diz

    Encontrei este site faz poucos dias… adorei todos os cronistas, em especial vc! li todos os textos em arquivo que você tem.
    Meus parabéns!! poucas pessoas tem o dom da escrita assim..nunca pare de escrever..
    um bj

  • Anônimo diz

    hahahaha…
    impagável! mto bom!

  • pamela diz

    gostei…. fazer o que né? quando um naum quer dois naum briga

  • Breendaa diz

    kKkkkKkkkKkkk aaffs! muitoo massa! iaeuiaehiuaheaheuh xD

  • Anonimoys.com diz

    nuusss que podre ¬¬!

  • Lipe diz

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk *rashey* de rir.. XD

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *