Burocracias

– Com licença, é… Esta é a casa do senhor Antunes dos Santos Neto?
– Sim? Sou eu mesmo, por quê?
– Mas… É o senhor? T-tem certeza?
– Ué, claro. Algum problema?
– Hum… Sim… Tem como o senhor comprovar?
– Calma aí… Espere… Roubaram minha carteira com meu RG na semana passada e… Ta aqui… Minha carteira de motorista serve?
– É, ta… Acho que tudo bem… Bom, podem leva-lo.
– Leva-lo? De que… EI!! ME LARGA!!! MAS… NÃO!!!
– Ora, não faça escândalos. Só to fazendo meu trabalho.
– Mas… O que… Para onde estão me levando?
– Ué, não te falaram? Vamos fazer uma autópsia no seu corpo.
– O que?? Mas eu ainda estou vivo!
– Não está não. Tenho aqui em minhas mãos o seu atestado de óbito.
– Mas… hein?… Que absurdo é esse? Deixe-me ver isso! Não… Não é possível! D-deve ter havido algum engano.
– Desculpe mas não há enganos. Ta tudo na lei. Preto no Branco.
– Só se… Já sei, provavelmente o cara que roubou a minha carteira foi morto e acharam meu documento com ele, e aí pensaram que quem morreu fui eu.
– Pra mim não importa. Estou com seu atestado de óbito, portanto você está legalmente morto. Mandaram eu fazer uma autópsia em você e vou fazer.
– Mas eu ainda estou vivo!
– Prova.
– Pro-Provar? Co-Como assim? Er.. Estou falando com você, não estou?
– Mas isso não é prova legal atestada pelo Estado.
– Pode não ser… Mas… precisa mesmo de documentos pra provar isso?
– Claro. Por que se eu não fizer a autópsia quem vai se ferrar sou eu. Vão descontar do meu salário… E o que eu ponho no relatório?
– Ué, põe q eu ainda tô vivo.
– Não cola. Não sem documentos provando isso.
– Isso é… Isso é um… um…. Absurdo! Acho que não existe nenhum tipo de “atestado de vida”.
– Então infelizmente tenho que dar andamento no processo de autópsia.
– Péra aí… Eu tenho o direito de falar com meu advogado!
– Hã? Advogado? Mas você não está sendo acusado de nada. E depois já foi comprovado pela lei que você já faleceu.
– Não importa! Tenho direito a um telefonema!
– De que você está falando? Isso é coisa de filme americano. E não existe nenhuma lei falando: “Todo defunto tem o direito a um telefonema”.
– MAS EU NÃO ESTOU MORTO!
– Quer parar de dar chiliques? Se conforma com isso! É a vida… Aliás, a morte.
– MAS EU NÃO ESTOU MORTO!
– Tá bom, ta bom.
– SËRIO, EU NÃO ESTOU MORTO!
– Ahã…
– QUER ME ESCUTAR? E-U N-Ã-O E-S-T-O-U M-O-R-T-O!
– E-U J-Á O-U-V-I! Agora ande logo pra sala de autópsia.
– MAS EU NÃO ESTOU MORTO!
– Ta bom, então como todo bom VIVO, quer se dirigir à sala de autópsia?
– Mas… Por que precisa fazer a autópsia?
– É que ainda não ficou claro o motivo da sua morte.
– Er… Então… E se… Assim… Vamos fazer o seguinte, se eu te contar como foi, então você me libera da autópsia?
– Mas isso… é permitido?
– Bom, também não é proibido. Tem uma lei falando “o defunto não pode dar depoimento sobre a sua morte”?
– É… Não tem não…
– Então, eu te conto tudinho e assim poupa o seu trabalho de fazer a autópsia, de ser sujar todo, essas coisas…
– Ainda não sei não…
– E ainda te pago um choppinho depois…
– É… Realmente… acho que não tem nenhuma lei contra. Então, conta como você morreu.
– Ah… F-foi de… de… morte natural. Er… Ataque… Ataque cardíaco.
– Ué, mas eu pensei que tinha sido baleado.
– Er… Ah… sim… Fui baleado e… e… depois morri de ataque cardíaco.
– Ah sim… E quem te baleou?
– Foi… foi… o… Mi… Le… er… Ezequiel… Isso! Ezequiel!
– Ezequiel? Quem é esse tal de Ezequiel? Engraçado, o estilo do crime parecia com o do Bruninho Cara-de-Lajota.
– Isso! O Ezequiel é pau mandado do… quem mesmo? Bruninho Cara-de-Marmota?
– Lajota!
– É… Ele mesmo!!
– Eu sabia!!! Mande prender imediatamente o Bruninho Cara-de-Lajota e seu comparsa Ezequiel!!
– É só isso?
– É, obrigado pela ajuda. Apesar de morto, você é gente fina! E nem vou precisar de fazer a autópsia! Me poupou de um trabalhão.
– (ufa!)
– Bom é isso então… Pode leva-lo pro crematório!
– Hã???

Compartilhe!

4 Comentários on "Burocracias"

  • Esse treco funciona?

  • Murilo Boudakian Moyses diz

    Leo, GENIAL!

  • paulo roberto vasconcellos diz

    Deferido em três vias carimbadas, autenticadas e devidamente assinadas.

  • Marcelli diz

    Mto boas suas cronicas….Parabens

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *