Em algum lugar do Oriente Médio

Mamãe, você ainda vai se orgulhar de mim. Vou mostrar pro papai que sou capaz. Sim, eu sou. O Mike sempre foi seu preferido. Olha o seu irmão Mike, o capitão do time de futebol americano. Olha o seu irmão Mike namorando a rainha do baile. Olha o seu irmão Mike entrando na melhor universidade. Olha o seu irmão Mike defendendo o país na Guerra do Golfo. Grande merda. Agora sou eu. Agora eles vão ver. O Mike foi pro Kuwait e nem deu tiro em ninguém. Aposto que ele nunca sequer viu um iraquiano. Comigo não. Comigo vai ser diferente. Vamos invadir Bagdá. Quero ser o primeiro a chutar o Saddam. Maldito. Malditos árabes. Porra, será que eles não percebem que estamos aqui para salvá-los? Burros. Ouvi dizer que já mataram uns 1000 desses. Ainda não matei esses bastardos. Já dei alguns tiros, mas não matei nenhum iraquiano. Depois de tanta espera. Mas minha hora vai chegar. Mamãe. Vou matar mais iraquianos que o Mike. Maldito Mike. O queridinho da família. Só porque eu nunca fui bom nos estudos. Agora sim. De que vale aquele colégio de merda? Agora somos todos iguais. Iguais não, melhor. Eu sou melhor. Eu vou matar muito mais iraquianos. Eles vão ver. Ah, vão ver. O John disse que já pegou 5 safados desses. Ele teve sorte. Esses animais. Como podem atacar a gente? Burros. Têm que morrer mesmo. Ainda tenho que agüentar esses ingleses. Malditos. Se acham os melhores. Aquele jeito esquisito de falar deles. Todo cheia de pompa. Não dá pra entender nada. Não é à toa que perderam a Guerra pela Independência. Imagine a gente tendo que tomar chazinho das 5. Ridículos. Nem se misturam com a gente. Ficam jogando aquele tal soccer. Esporte de menininhas. Maricas. E o críquete? Beisebol de boiola. Rúgbi? Quem entende aquela merda? Eles se orgulham que seus pais lutaram em… Onde mesmo? Falklands. Ninguém sabe onde fica essa merdinha. Quantos iraquianos eles mataram? 20? 30? A gente matou mais de 1000! Eu ainda nenhum, mas eles vão ver. Malditos. Burros. Pelo menos não tem nenhum francês. Eles não têm culhões para lutar. Bichas. Se não fosse os Estados Unidos, a França ainda tava fodida. Se não são os EUA pra salvar o mundo. Mal-agradecidos. Deviam devolver a estátua da liberdade pros canalhas. A gente defendendo a liberdade do mundo e os caras chiando? Franceses boiolas. Mamãe, vou mostrar pra todo mundo. Canalhas. Vou cuspir na cara deles. Vou cuspir na cara do Mike. Se acha melhor que eu. Só que eu vou matar muito mais iraquianos. É só esperar minha oportunidade. Vou provar pra eles. Porra. O que é aquilo? É minha chance. Malditos iraquianos. Burros. Estão vindo em nossa direção. Ah, eles vão ver. Morra. Morra. Morra. Estúpidos. Acho que peguei os dois. Mamãe, espero que você tenha orgulho de mim. Matei os dois. O que? Eles eram ingleses? Malditos ingleses. Burros. Burros.

Compartilhe!

4 Comentários on "Em algum lugar do Oriente Médio"

  • Camila diz

    Ótima forma de extravasar as tensões da guerra…

  • Diego Henrique M. diz

    Gostei. É mais divertido, quando agente se esquece que atrás dessa guerra, tem tanta gente morrendo…

  • malena diz

    o pior é q deve ter MUITO americando lá que realmente pensa desse jeito…

  • Raquel diz

    Muito bom Joe! Versão de guerra de quero ser John Malkovich. Quero ser um americano burro no iraque….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *