Passa lá em Casa

“Você já passou por aquela situação em que você encontra uma pessoa que você não lembra o nome? A pessoa te cumprimenta, te trata super bem. Pois bem, isso me aconteceu esses tempos:

– Oi Zé.
– Tá jóia?
– Estou ótimo!
– Ou, e você como tá?
– Numa boa. Continuo naquele curso de inglês perto da Heitor Penteado.
– Ah, aquele curso… tá tudo certo por lá?
– Excelente, o pessoal é bem legal, as aulas são boas.
– Legal, cara! Esse seu curso é lá perto de casa, fica perto do metrô?
– Fica do lado, do lado.
– Que horas termina sua aula?
– Às nove, nove e quinze.
– Hora boa para uma cerveja gelada, hein?
– Opa, inclusive porque, normalmente, é dia de jogo.
– Faz o seguinte: um dia desses sai da aula e passa lá em casa, vamos tomar uma cerveja e assistir o jogo.

Uma semana depois (num dia de jogo)…

– Você nem fica mais em casa comigo, não chega cedo, não me dá atenção. Você não gosta de mim!
– Calma amor, hoje eu vou chegar cedo.
– Nem sei como você tem coragem de falar isso!
– Hoje você pode ficar tranqüila que quando você chegar em casa vai ter uma surpresa te esperando…

Muitas horas depois…

– Oi, amor! Me desculpe, meu chefe me prendeu até agora.

Ela se aproximou de mim, pôs o dedo nos meus lábios e disse:

– Psiuu. Não precisa dar desculpas, eu no início achei que você iria participar. Mas acho que você não ia agüentar mesmo. By the way, adorei a surpresa…”

Compartilhe!

1 Comentário on "Passa lá em Casa"

  • ô loco! vou deixar de tomar chope a partir de hoje !!! ehehehehe….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *