Murilo Encontra o Murilo

“Murilo?

– Sou eu!

– Eu também!

– Como assim?

– Como assim digo eu, seu impostor!!

– Impostor é você! O Murilo é único. O Murilo sou eu.

– Nos seus sonhos. Franga!

– Não me chama disso que eu não gosto!

– Eu sei. Narigão!!

– Olha o respeito!

– Olha você o respeito, senão eu saio contando para todo mundo o que você fez no dia 01 de janeiro de 1996!

– Dia 01 de janeiro de 1996??….é melhor você ficar quieto, ou..

– Ou eu também conto para sua namorada o que você fez dia 04 de abril de 1997!

– Você não presta seu F&$¨%$*%¨$&%#&&$@¨!!

– Você também não, hehehe.

– Eu jamais faria isso comigo mesmo!

– Faria sim, você faz isso o tempo todo, só que com outros.

– Lógico, é muito mais divertido.

– Viu só como você é ruim!

– Ruim não, divertido. E você? É algum tipo anjo que veio me mandar ser bonzinho? Senão não vou para o céu?

– Isso.

– Já imaginava uma viadagem dessas mesmo.

– Viadagem não, olha o respeito, não tenho sexo mas sou muito macho.

– Sei…Mas vocês precisam de uns disfarces melhores lá no céu.

– Por que?

– Olha a sua barriga.

– Que tem ela?

– É muito, mas muito, maior que a minha…eu sou saradão!”

Compartilhe!

1 Comentário on "Murilo Encontra o Murilo"

  • paulo diz

    Andou assistindo o clone?

    a crônica ficou sarada, agora, vc eu tenho minhas dúvidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *