Meu Dom,

“Desde pequeno, eu tenho um dom um tanto quanto estranho. Eu consigo ouvir os cabelos das mulheres, não pelos, e sim cabelos. Até a minha adolescência eu apenas ouvia alguns sussurros, umas vozes distantes. Eu nunca sabia de onde elas vinham e muito menos para onde elas iam.

Com o passar dos anos eu fui percebendo que eram muitas as vozes, muito perto, sempre. E elas mudavam, mas dependendo de quem estava ao meu lado, a voz era a mesma. Fui perceber que ouvia os cabelos com 17 anos.

Eu e minha namorada, na época, estávamos no banco de trás do carro, namorando, inocentemente, como qualquer um nessa idade. No meio da confusão de mãos para lá, bocas para cá, eu ouvi um grito:

– Pelo amor de Deus! Tire essa boca de mim! Estou ficando nojento!

Na hora eu me afastei da moça e tentei entender como poderia estar com mau hálito depois de escovar os dentes 5 vezes seguidas, antes de encontra-la. Ela também sem entender nada me perguntou:

– Que foi? Não está gostando é?

E se seguiu de um:

– Que alívio.

Que também veio da direção dela, mas não de sua boca, e sim da sua cabeça. E o mais engraçado é que só eu ouvia. Nem preciso contar que aquela noite não teve final feliz.

Durante alguns meses minha vida não ficou nada fácil, os cabelos perceberam que eu poderia ser um interceder por eles, e tentavam me usar a seu favor:

– Me solte dessa piranha!
– Manda ela parar de usar o secador!
– Essa shaampo de aveia de cacau é um lixo!
– Não quero ser loiro, não quero, não quero.
– Quero me enrolar todo em você!

Isso mesmo, tinha até cabelo tarado, fazer o que. Mas, como tudo na vida esse episódio teve um fim. Eu passei a ignorar os cabelos, ao ponto deles não falarem comigo. Quase nunca.

Apenas as vezes, lógico, quando algum deles está preso em elásticos, piranhas, presilhas e outros, eles pedem socorro. Eu chego perto, discretamente, e os liberto, fácil. Difícil é explicar para sua dona.”

Compartilhe!

4 Comentários on "Meu Dom,"

  • Rafael diz

    Tenho a impressão de ter visto algum filme com um roteiro parecido, mas ficou bem legal…..

  • Ricardo diz

    Poxa Murilo!

    Viajou mesmo heim?! Parece até eu … hehe

    Muito legal a idéia! Show de bola.

  • Jacaré diz

    Vamos ver se um dia você também ganha o prêmio Nobel. :o)

  • esse foi o melhor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *