Satisfação do Cliente

“Era uma tarde de terça feira. Um dia normal de trabalho, não fosse pela reunião emergencial convocada pelo diretor comercial. Ele estava muito nervoso. As vendas haviam caído muito nos últimos três meses e a diretoria executiva já estava pensando em mudar a estratégia da área comercial (demitir o cara). O diretor passou três horas com seus gerentes de vendas em São Paulo. Os gerentes de outras localidades ouviram o esporro por telefone.

A reunião foi pela manhã. Dois gerentes, daqueles dos tempos antigos, foram almoçar juntos para conversar sobre a tal da reunião.

– Satisfazer o cliente, satisfazer o cliente. Quantas vezes ele falou isso?

– Umas mil pelo menos.

– Se eu pudesse, matava o cretino.

– O cretino tem filhos.

– Eles iam me agradecer. Não agüento mais a incompetência dele.

– Calma, eles são sempre assim.

– Pois não deveriam ser. Quem são aqueles ali?

– Onde?

– Na mesa grande.

– São clientes do Teixeira. Vieram fazer um curso.

– Ah é?! Excelente oportunidade para satisfazer o cliente…

– Calma, calma…volta aqui!

O gerente saiu correndo até a mesa dos clientes, chegando lá gritou:

– Senhoras e Senhores!!!!

Todos olharam com surpresa.

– Meu nome é Vanderlei e estou aqui para satisfaze-los!

Um dos clientes cochichou para outro:

– Eles fazem cada uma para vender…

– Então me digam! Como posso satisfaze-los?!

– Falando mais baixo e nos deixando comer!

– Não! Não posso fazer isso, pois tenho que deixa-los felizes! Vocês não me parecem felizes! Ei povo do refeitório.. eles parecem felizes? Respondam seus babacas! Vocês não sabem! Temos que satisfazer nossos clientes, podem responder! Opa…me solta rapaz…me larga…..”

Compartilhe!

1 Comentário on "Satisfação do Cliente"

  • Rafael diz

    Cara, espero que não tenha nada de autobiográfico…hehehe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *