Xique no Urtimo 3

“A boa e velha hospitalidade paulistana. Não sei se a sua casa é assim? Mas todo vez que alguém me visita lá em casa eu tenho apenas duas opções: ou vou fazer compras antes, ou acabo pedindo pizza. Lá em casa só tem fruta e cereal, quem vai querer jantar isso? E olha que eu sempre ofereço. Esses dias descobri que hospitalidade boa mesmo só em Minas Gerais.

Na mesma viagem para Capitólio, fomos conhecer a família da Margarida. E que família. São sete irmãos, super unidos, aparentemente. E o barato de cidade pequena, é que se você vai na casa de um, tem que ir na casa de todos os outros, caso contrario é ofensa.

Começamos pela casa da mãe da Margarida. Cuja atração principal é uma maritaca que fala mais que um papagaio. Desde palavrão, até chamar o gato e as galinhas para comer. Passei um bom tempo tentando me comunicar com a ave, mas acho que ela se assustou com o tamanho do meu nariz.

Fomos servidos de pão de queijo (de verdade), bolo de fubá e café. Nem preciso dizer que tudo estava uma delícia. Após essa visita fomos em mais duas casas e que surpresa: todas tinham pão de queijo com bolo de fubá e café. Na última tinha, até, biscoito de nata, dos enormes.

Depois disso, as pessoas ainda nos convidavam para voltar, passar o dia, almoçar, jantar e comer mais pão de queijo. Uma coisa de louco. Bem, depois te tudo isso, só tenho uma coisa a dizer.

Minas Gerais é Xique no Urtimo! “

Compartilhe!

2 Comentários on "Xique no Urtimo 3"

  • Fabiane Secches diz

    Mais uma paixão em comum, além do palmito: pão de queijo. Eu sou mineira legítima e fiquei lisonjeada pelo “Minas Gerais é Xique no Urtimo!” Outro beijo, Fabiane

  • Jackie diz

    Faço das palavras da Fabiane as minhas!

    Valeu, Mumu! Precisamos combinar um pão de queijo com a galera lá em casa…

    Beijão procê, Jackie – mais xique, impocíverrr!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *