Espera

“Cheguei no horário marcado. Sete horas da noite. Uma hora para os que apreciam a moderação. Nem muito cedo, situação preferida pelos apressados e nem muito tarde, situação preferida pelos boêmios, que emendam qualquer compromisso em um bar. Se é que já não comecem nele.

Andei de um lado para o outro, não sou muito paciente. Ia da sala 1 até a sala 10, por um longo e silencioso corredor. Depois voltava, olhava em cada uma das salas novamente. Não havia ninguém.

Liguei o celular, telefonei para as pessoas. Caixa postal. Não costumo, mas deixei recado. Liguei novamente. Telefones celulares não são muito confiáveis, é sempre bom ligar mais de uma vez. Caixa postal. Que inferno.

Precisava sentar e comer alguma coisa. Todas as mesas da lanchonete estavam ocupadas e odeio comer de pé. Inferno novamente. Fui para a entrada do prédio tomar um ar, esfriar os ânimos e xingar os malditos sem que chamasse muita a atenção das pessoas.

Depois de gritar um pouco eu estava mais calmo, mas já se passavam trinta minutos da hora combinado. Entrei no prédio novamente. Fumei um cigarro. Um momento. Eu não fumo. Não fumei nada. Preciso me ocupar. Odeio ficar sem fazer nada.

O telefone tocou, eram eles:

– Cadê você?
– Cadê vocês pergunto eu?
– Aqui no prédio um.
– Mas não era no dois que havíamos combinado?
– Não mesmo.
– Estou indo para aí.
– Não precisa.
– Como assim?
– Hoje é sexta, vamos direto para o bar.”

Compartilhe!

5 Comentários on "Espera"

  • Simoneh diz

    Murilo…

    Cara, um dia estive aqui e me deliciei lendo essas coisas q vc escreve.

    Depois (muito tempo depois…muito mesmo…)vc me enviou um mail, agradecendo a passagem pelo blog e convidando a uma outra passadinha.

    Pois é… Nunca associei um Murilo a outro, pq o “cronistas reunidos” nunca me pareceu um blog.

    (a esta altura vc já franziu a testa, ou abandonou meu comentário pela metade)

    Continuei lendo e sem comentar…olha o absurdo!

    Hj lendo vc, depois daquela do orgasmo, foi q me dei conta do engano.

    Pardon!

    Se ajuda a melhorar, saiba q sempre leio vc e alguns dos seus amigos daqui, mesmo tendo escrito a vc que n/ sabia qual era o seu blog, ou quem era vc.

    É isso.

    N/ sei se gosta dos comentários,

    ou sei lá.

    Se quiser passo a dar palpites, q aliás, adoro.

    Beijos.

    Simoneh

  • Murilo Boudakian Moyses diz

    Simoneh, não me lembro de ter te mandado nenhum e-mail ou de te conhecer. De qualquer forma eu espero que você volte sempre para ler e comentar as crônicas do site.

  • anninha diz

    Sabia que a boemaia acabaria ganhando!!! *rs*

    Bjo.

  • Murilo Boudakian Moyses diz

    Devo e não nego, escrevo quando puder. Brincadeira Pedrão, logo teremos crônicas novas no ar.

  • Pedro Coelho diz

    E aí Murilo, por falar em espera, cadê a próxima? Hein, hein?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *