Queda

“Era uma noite de domingo. Chovia fraco, porém o vento era gelado. A cidade parecia mais escura do que o normal. Não havia estrelas, não havia lua…eu arriscaria dizer que não havia vida.

Ele saiu de casa, estava nervoso. Suas mãos tremiam muito. Quando fechou a garagem ele se lembrou.

– Droga, esqueci o casaco.

Entrou em casa novamente, pegou uma capa preta que estava jogada na mesa de jantar. Ainda estava molhada de hoje a tarde. Saiu com o carro. Não corria muito, sua cabeça estava cheia, explodindo. Certezas lhe faltavam.

– Ela vai ver só. Vai se arrepender. Ninguém faz isso comigo. Ninguém!

Uma senhora que estava parada no ponto de ônibus ouviu o grito e se assustou.

– Que foi sua velha, nunca gritou de raiva não? Me deixe me paz!

O semáforo abriu e ele partiu, cantando pneus. Chegou até a marginal. Ele não gostava muito de dirigir em pistas grandes e retas. Ficava com sono.

– Não posso dormir. Não posso dormir. Não vou dormir.

Chegou até o prédio da Luiza. Ficava no Ipiranga. Não era nem muito pequeno, nem muito grande. Mas ele sentia falta do sofá preto de couro. Não por causa do sofá, mas pelos filmes, jantares, beijos, carícias….

– Boa noite!
– Boa noite. O Sr. Sabe que não é bem vindo.
– Preciso subir apenas 5 minutos.
– Um minuto por favor. Mas só vou perguntar a ela uma vez.

Ele olhou no relógio.

– Pode subir, mas ela não vai abrir a porta.
– Não tem problema. Não será necessário.

Ele subiu pela escada. Olhava para cada degrau antes de pisá-lo. As vezes parava e encarava o chão.

– Apartamento 56, finalmente.

Depois disso ouviu-se um tiro. Cinco minutos depois outro tiro e em seguida uma queda. Como se alguém tivesse caído no chão.”

Compartilhe!

3 Comentários on "Queda"

  • Fabiane Secches diz

    Esta história vai ter uma parte II?

    Fiquei curiosa para saber o qeu aconteceu antes, e depois…

  • anninha diz

    Denso, muito denso…

    Gostei!

    (mas fiquei me sentindo pesada, sei lá)

  • Rafael diz

    Cara, você é mau.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *