Rua

“Eu não sei em que época da história da humanidade a rua foi inventada. Porém, tenho certeza de que as pessoas que a inventaram tinham um único objetivo: agilizar o transporte de coisas e pessoas. Pois bem, a evolução do homem e da tecnologia colocaram em xeque essa nobre aspiração de chegar mais rápido, com maior conforto e se possível, segurança.

Todos os dias vemos as maiores atrocidades sendo cometidas nas nossas ruas. E eu como bom saudosista, não posso deixar de reclamar. Se fosse para voltarmos aos bons e velhos tempos, precisaríamos de novas leis de trânsito.

Antes de escrever as leis, contudo, definiríamos um postulado, uma regra básica: Todas as ruas devem ser usadas, apenas, para transporte.

Essa regra sozinha acabaria com um dos grandes problemas. O domingueiro. Esse personagem que sai de carro, com a esposa, a sogra, os filhos, ouvindo o rock do Ronald Mc Donalds e passeia pela cidade. Só de passear ele seria preso. Lugar de passear é shopping, parque, praia. Rua é para andar, e rápido. Se quiser ver alguma coisa, estacione, desça do carro, desligue a música por favor e olhe. Não podemos admitir mais esse incrível desperdício de tempo.

Outra norma importante é: Todos os números de casas, prédios e escritórios devem ser visíveis até para o mais míope dos míopes sem óculos.

Dessa forma não teríamos mais que ficar andando a 20 km/h para procurar um maldito número. E mesmo assim quando o encontramos, ela não é legível.

Respeite a velocidade máxima e permaneça nela. Mais uma regra imprescindível. Cada uma com os seus problemas, se o carro não tiver piloto automático, que preste atenção. Não é possível andar em uma via de 80 km/h a 50 km/h. É uma ofensa aos velhinhos que inventaram a rua. Afinal os carros de hoje são modernos, rápidos e seguros. Naquela época eles tinham sei lá o que puxado por sei lá que animal.

Deixo aqui o meu recado, de revolta e indignação. Espero que logo mais possamos ter ruas, estradas e por que não até calçadas, que realmente sejam usadas para suas finalidades devidas. É a nossa maldita mania de complicar uma coisa tão básica como a rua. “

Compartilhe!

5 Comentários on "Rua"

  • malena diz

    concordo plenamente. bonito traje o seu. o sol inunda a sala. é isso aê manô!

  • Franga, você corre demais. Compre uma picape.

  • Kris diz

    TOTALMENTE APOIADO!!! ANDAR RAPIDO É FUNDAMENTAL!!!

  • Lilian diz

    quanta revolta, quanta pressa…

  • Juliana K. diz

    rock do Ronald McDonald…nooooossa, horrível!!! Se você quiser criar um MURR – Movimento Universal de Respeito às Ruas – terá o meu total apoio!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *