Telefone

“Uma ligação qualquer.

– Alo?
– Alo?
– Quer falar com quem?
– Eu é que pergunto?
– Como assim, você que ligou aqui?
– E daí, só por que eu que liguei não significa que você não queira falar.
– Mas eu não quero falar.
– Duvido.
– Olha, não posso perder mais meu tempo com você. Vou desligar
– Duvido.

Namorada.

– Onde você está?
– Na casa do Marcelo.
– Você acha que eu sou uma idiota né?!
– Não, você só tá nervosa.
– Nervosa, nervosa quem está é a senhora sua mãe. Eu estou furiosa. Você prometeu que ia me ajudar a escolher a cor das almofadas novas da minha sala.
– Eu odeio cores, eu nem sei nada de cores, só ia atrapalhar sua vida. Já aqui no Marcelo eu estou fazendo uma coisa que eu faço muito bem modéstia a parte.
– Eu sei. Bebendo! Vá a ….

Trabalho.

– Cadê o relatório?
– Que relatório?
– Não viu o e-mail? Te mandei faz 5 minutos.
– Não vi ainda não.
– Mas já faz 5 minutos que eu te mandei.
– Acabei de voltar do almoço.
– E ainda não viu os e-mails?
– Ainda não escovei os dentes.
– Seus dentes pagam o seu salário?”

Compartilhe!

5 Comentários on "Telefone"

  • mc diz

    O seu dentista agradece!

  • mc diz

    O seu dentista agradece!

  • mc diz

    O seu dentista agradece!

  • Dra. Maria Célia diz

    Muito brigada. Bom menino.

  • Power girl diz

    Namorados….. sao todos iguais!!!!Nao mudam nunca!!!!Por que odiar tanto o telefone?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *