Homens e Mulheres de Protocolo

“Havia um tempo em que o mundo era um lugar melhor para se viver. Um tempo no qual as pessoas aprendiam de pai para filho. Tempos esses que nunca voltarão, mesmo porque não seria produtivo. Mas penso que devemos resgatar o pouco que nossos antepassados deixaram, ao invés de acharmos que a verdade está na internet. Isso mesmo!

Uma dessas coisas que andam me irritando é a arte de cortejar uma mulher. Há algum tempo, isso era algo que exigia mais do que um:

– “”Beija-me ou te enfio um soco na fuça!””

Era um desafio mágico, um momento de alegria e prazer. Prazer de cultivar a si mesmo e a próxima. Isso mesmo, a próxima, até porque, nos bons tempos, mulher não cortejava. Hoje, tudo isso é uma zona sem tamanho, um caos. Não existe controle, informação e muito menos procedimento. Não é à toa que o grande mal do século é a depressão associada à solidão, associada à falta de sexo (sim, falta de sexo é um problema).

As pessoas estão tristes, sentem-se rejeitadas, usadas, extorquidas e vai longe. Por isso, meus caros, está mais do que na hora de resgatarmos nosso mais básico ensinamento, aquele que até deveria ter nascido com a gente, caso a gente não usasse roupa.

Esse ensinamento diz o seguinte: Existem Protocolos!

Sim. Para se fazer tal coisa acontecer é preciso fazer uma série de coisas antes, não é preciso fazer todas, ou seguir uma ordem. Não é um manual, é mais um guia.

Para conquistar uma mulher, você precisa seguir alguns protocolos: busque-a em casa, mesmo que ela more em Alphaville; pague o jantar; pague o motel; abra a porta (não é difícil); e, por último, muito importante, quando ela estiver com sede no cinema, você deve ir pegar a água!

E, para as feministas de plantão, eu digo o seguinte: vão às ruas, protestem, queimem sutiã! Façam tudo isso, mas quem troca a lâmpada aqui sou eu!”

Compartilhe!

8 Comentários on "Homens e Mulheres de Protocolo"

  • Paulo diz

    Isso aí, nerd. Botou o pau na mesa!

  • Kris diz

    É isso aí…mantendo os protocolos e os potes de palmito continuarem sendo dificeis de abrir ainda há esperança…

  • Rafael diz

    Pois é . . . . . . . . os protocolos colocavam ordem no mundo. E agora? Como será?

  • volponi diz

    Aeeeeeeeeeeeeee! Mostre pra elas! Esse mundo tava perdido. Alguém tem que por ordem nisso daí. hahaahahaahh…

  • malena diz

    é só não confundir protocolo com burucracia, há há há…

  • malena diz

    burocracia, sorry

  • Postum Scripitum:

    Na ordem sugerida por você- “vá busca-la me casa, pague o motel…”- houve um equivoco quero crer! Ou estaria você reinventando o protocolo?

    Ir ao motel e pagar,não seria o ultimo item desta sugestão?

    não?…

    Mára

  • Andrea diz

    já que tudo mudou não é melhor criar novos protocolos? especialmente com quem interessa? Agora, já que não posso mudar seu texto, posso ao menos sugerir algo: continue trocando as lâmpadas e pegue a água, mas abrir a porta do carro nao precisa! :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *