Festinha

“Olha aquela ali.

– Qual?

– A de vestido vermelho.

– Que mostrengo.

– A da direita.

– Ah. Que beleza. Essa sim.

– Chega junto.

– Como assim?

– Vai lá, jogue um papinho.

– E eu lá sou de papinho? Não consigo ter papinhos.

– Lógico que consegue. Vai lá e elogia o sapato dela. Nenhuma resiste.

– Elogiar o sapato? Como diabos se elogia um sapato?

– Diga que ele é o mais lindo da festa.

– Que tipo de mulher fica feliz em ter o sapato mais bonito da festa?

– Todo tipo! Eu sabia que não devia ter te dado o convite para essa festa. O Marcão a essa altura já teria tomado uns 4 tocos.

– Agora sua diversão é ver os amigos tomando toco.

– É.

– Por que você não chega na vermelhinha e elogia o sapato dela.

– Eu tenho namorada.

– E daí. Ela está aqui?

– Não.

– Então, vai fundo.

– Nem a pau, está cheio de mulher aqui.

– De novo. E daí.

– Ora, você sabe como essas coisas são. Alguma delas conhece uma amiga que conhece a Lurdinha…

– Chill out man! This is a party!

– Não começa com essa idiotice. Nós dois somos brasileiros.

– Mala

– Olha a de verde.

– Qual?

– Na varanda, de decotão.”

Compartilhe!

5 Comentários on "Festinha"

  • malena diz

    háháhá….isso é divetido né? mas elogiar o sapato NÃO meninos.

    e realmente sempre tem a amiga da amiga da amiga…

  • Kris diz

    e a calça branca

  • Kris diz

    ?

  • rafael diz

    ah….. a calca branca!!!!!!!!!!!!!!!

    ainda em transito!!! chegando!!

  • Van diz

    Me avise qunado vc terminar a história, ok?

    Hahaha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *