Estádio

“Uma linda manhã de sábado, na bilheteria:

– Você tem certeza?
– Eu venho aqui toda semana.
– Não me parece correto.
– Mas é assim.
– Não me conformo, se tem o número, o lugar é marcado.
– Considere como uma formalidade.
– Mas não é uma formalidade, é uma burrice.
– Bem, é desse jeito e pronto.
– É por isso que eu não vou a estádio.
– Larga de ser fresco.
– Na minha casa eu tenho o meu lugar marcado, a minha cerveja e a minha castanha de caju.
– Ah, no estádio é quase igual.
– É nada.
– É sim, veja bem, vamos pegar um lugar bom numa parte do estádio que eles não vendem ingresso a mais, lá tem cerveja e sementes.
– Sementes?
– Sim, não é bem castanha.
– Não.
– É amendoim.
– Credo. Quem come isso? E a cerveja do estádio é sem álcool até onde eu sei.
– Bem, é.
– Entendi, é idêntico à minha casa.
– Não seja velho, você vai gostar.

Um dia depois, no estádio:

– Quanta gente.
– Acho que venderam uns trinta mil ingressos.
– Mas cabe?
– Lógico. É um estádio. Olha para cima, já entramos.
– Nossa.
– Viu. Eu te disse que você ia gostar.

Vinte minutos depois, com um saco de pipoca e um copo de guaraná Dolly:

– Mau aí, não tinha amendoim.
– Pipoca, lugar de pipoca é no cinema! Nem vou falar do guaraná.
– Calma, olha a torcida, olha o espetáculo.
– To olhando. Parece uma micareta.
– Micareta? Porque?
– Olha a música, olha como eles pulam, olha como está apertado.
– Tem razão.

Poucos minutos antes do jogo começar:

– Emocionante, não?
– Muito. Acho que vou gostar dessa coisa de vir ao estádio.
– Te falei! Ninguém vai acreditar.
– Esqueci uma coisa importante. Onde a gente vê replay?”

Compartilhe!

3 Comentários on "Estádio"

  • Andrea diz

    só você poderia ter escrito isso. muito bom! beijos!

  • Gabi diz

    Muito bom mesmo! Sua cara! hahaha.

  • Van diz

    Hahaha… eita MURILO! Only you…hahaha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *