…100…

Sem dúvida, era um dia especial!
Soube assim que acordou! Não pensem que foi rápido. Como se seus olhos sempre demorassem a abrir e a lucidez, definitivamente, acentasse em sua vida; ele acendeu o primeiro cigarro do dia. De alguma forma tinha aquela sensação estranha de que tudo ia dar certo.

Concentrou-se no banheiro – ele podia chegar lá. Olhou para o assento. Quebrado. Que lhe faltassem o senso de decência e a higiene, a casa era dele, afinal. Sentou ali mesmo. Não dava tempo para mais nada e ainda assim estava atrasado. Quando já não sentia mais as pernas, um presente de Deus – porque só podia ser um presente dele – mas que droga, uma pequena centopéia subia suas costas! Sempre calmo e sem o menor constrangimento, aposentou o pequeno ser. Sem-graça e ainda sentido pela sentença imposta, saiu em direção à cozinha. Um café rápido; era o que ele precisava. Pão sem presunto, só queijo; cenoura – urg! horrível, quase cenográfica – sem sal.

Correu sem roupa pela casa e foi se vestindo sem que elas amassassem até a garagem. Bicicleta. Sem tempo. Como se seus ânimos não se abalassem, pensou; e pensando veio uma centelha de luz: Ônibus.

Sentou no ponto e esperou. Sempre atrasado, sempre esperando. Na esquina foi aparecendo o cento-e-setenta-e-cinco-pê. Acenou.

Desprovido de sensatez e movido pelo atraso, subiu sem mesmo esperar que o veículo parasse. No instante que embarcou sentiu que algo lhe fugia à visão. Sensível com aquele acontecimento, olhou para o centro do ônibus e viu. A sensual vizinha estava ali, de pé; sem dar a menor bola: como sempre. A sensação de euforia ascendia em seu corpo, foi crescendo, crescendo, e tudo o que sentira pela manhã parecia certo.

O ônibus parou no semáforo. Se todos passassem a roleta ele poderia finalmente falar com ela; sem dúvida, era agora. Sacou seus centavos e finalmente falou com ela: a senhorita tem cem “merréis” pra interar a passagem?

Compartilhe!

5 Comentários on "…100…"

  • Ei! Parem de ficar esnobando! Bobos! Feios! Chatos!

  • Camila diz

    Antes de mais nada, PArabéNs pelo centésimo.

    Mas aí vai minha pergunta: Ma che catso suas personagens vivem fazendo no banheiro???

  • Camila diz

    Cem-vergonha!!!

  • Kris diz

    Bem vindo ao clube. Em alto nível inclusive. SENsacional.

  • Murilo Boudakian Moyses diz

    Sem comentários. Mas se é um clube, cadê a sede?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *