Idiossincrasia É Isso Aí!

Durante anos e anos essa palavra me intrigou de uma maneira idiossincrática. Ninguém parava para pensar em idiossincrasia como eu. Por isso, essa era a minha idiossincrasia de analisar essa tal de idiossincrasia.

Cada vez que me deparava com esse vocábulo, eu me intrigava e me prometia pesquisar idiossincraticamente sobre seu significado, radicais gregos, latinos e livres, importância histórica e, obviamente, ortografia. Mesmo porque (confesso …) sempre achei que o certo era “idiossincracia”. Daí minha preocupação com sua importância histórica:

Depois da monarquia, a oligarquia. Depois da oligarquia, a democracia. No meio de tudo isso, a “Idiossincracia” advinda de Idocrásio, o Peculiar, na Roma Antiga. Aliás, sempre achei que idiossincrasia poderia ser um daqueles neologismos engraçadinhos para descrever a forma do governo atual. Sacou ?

Uma vez, até apelei para um dos maiores mestres que já tive, o professor de língua portuguesa Platão (quase dois metros de altura), e perguntei o significado de tal palavra. Num sorriso de canto de boca, ele quase sem me olhar, disse – Não sei não … – Eu já sabia que essa era a resposta mais inteligente que poderia ouvir(com um didatismo idiossincrático!). Só assim, encubei essa dúvida por anos e anos, para que finalmente o dia chegasse. O chamado surgiu quase que espontaneamente:

-Aurélio !! Cadê você ?!

E ele, com a prontidão de sempre, na página 739, coluna 2, linha 3, me respondeu: [do grego Idiosygkrasía] 1. Disposição do temperamento do indivíduo, que o faz agir, de maneira muito pessoal, à ação dos agentes externos. 2. Maneira de ver, sentir, reagir, própria de cada pessoa.

Só isso ? Essa palavra espetacular, enorme, misteriosa, magnífica, e, agora posso dizer, idiossincrática só quer dizer isso: Peculiar … Pôxa, seu Aurélio! Tirando o nome em grego essa definição não é nem um pouco idiossincrática. É como falar que “defenestrado” é sinônimo de “bonito”!

É triste como sempre idealizamos fantasticamente o desconhecido. Só na nossa ingênua cabeça que: Morena, 1,78 m, 62 Kg, olhos verdes e cabelos compridos são sempre uma mulher linda! Quem garante ela não tem uma cicatriz da testa até o queixo, seja vesga, com a língua presa, manca, cabelos compridos porém em todas as direções desrespeitando inclusive a Lei da gravidade, tudo isso, é claro, de maneira indubitavelmente idiossincrática.

Compartilhe!

2 Comentários on "Idiossincrasia É Isso Aí!"

  • Murilo Boudakian Moyses diz

    li a tal da crônicas, Defenestração, é muito legal.

  • Ana Maria diz

    Muito bom. Eu sou uma idiossincrática, amo a palvara; é bom de pronuciar; mas a palavra que mais gosto e que surgiu na minha mente, julgo eu, do nada, é a palavra solilóquio. Certa vez acordei com esse nome na mente, martelando meu pensamento; fui ao dicionário e vi lá:sm. Fala de alguém consigo mesmo; monólogo. Pensei pôxa! como essa palavra tem a ver comigo. Adoro, minha língua dança dentro da boca: SO-LI-LÓ-QUI-O
    Muito bom!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *