Impressões

Um homem sentado em frente um computador escrevendo. Escrevendo o quê ? Não sei. Só vemos seu olhar oscilando entre o teclado e o monitor, com direito a algumas paradas para pensar.

O conteúdo do texto está totalmente em aberto para a imaginação de um espectador mais curioso. Uma carta de amor, uma declaração, uma carta de suicídio. Não, não … Ele está impassível demais para algo que envolva tantas emoções.

Um trabalho de escola, uma tese ou um tratado qualquer. Pode ser, se bem que ele não está consultando nada. Ninguém escreve algo tão importante só de cabeça.

Uma crônica ! Sim, só pode ser uma crônica. Eu sei como isso funciona. O cara liga o computador, abre o programa de edição de texto, começa a escrever, a cada 3 parágrafos, em média, para pra reler o texto. A criação de um texto é excitante! Modifica algumas palavras, dá um pequeno sorriso quando lê algo que gosta. Balança a cabeça negativamente quando algo ainda não atingiu o nível desejado.

É impressionante como a observação nos faz poderosos. Temos como descobrir coisas que ninguém acredita, somente observando atentamente uma situação.

O homem se levanta, vai até o telefone disca impacientemente um número. Eu sei como é a ânsia em contar para um amigo, que você acabou de escrever algo genial. E eu sinto isso nos olhos dele.

Finalmente atendem a ligação e ele começará a falar, dando vazão àquele turbilhão que sente dentro do peito:

-Mãe ! Lembra daquela receita do seu pudim de leite? Então, o que eu faço depois de untar a forma ?

Compartilhe!

2 Comentários on "Impressões"

  • Ei, podemos dizer que esta é a sua fase “metalinguística” ??? heheeheehe….

    Continue nela, mamute!

  • Anninha diz

    Derrama a mistura, coloca no forno e espera ve no que dá! Ou melhor, espera esfriar, deixa pra gelar e depois vê no que dá!

    Tenho certeza que coisa boa, coisa mta boa!

    Aliás, faz o favor de me convidar pra provar esta sua fase chef tb, viu?! *rs*

    Adorei! E ainda tem coisa mto boa cozinhando por aí!

    Bjão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *