Da série “Quem Não Morre Não Vê Deus” – O Parto

As contrações continuam no ritmo normal. A gestação incomoda um pouco. Já se passou o tempo ideal de gestação. Eu não agüento mais a expectativa, mas ela não vem. Talvez eu tenha que partir pra cesariana … Ou tentar o suicídio!

Toda vez que espero um filho é assim!

Sinto uma pontada no estômago, será que é agora?! Talvez seja. Me lembro da respiração cachorrinho. 1,2 …. 1,2 … 1,2 … Ai! Mais uma pontada!

O grande medo neste momento é a perda. Não posso perdê-la justo agora. A perda já foi inevitável em casos bem mais simples.

Começo a me preparar para o grande momento, tanto tempo esperando, e quando chega a hora a gente nunca acha que está pronto: 1,2 … respira …. 1,2 … inspira…

Ela já está saindo, isso não posso mais negar. Mas como será?! engraçada, triste, legal, chata … Ai!! Cachorrinho, cachorrinho ! Au! Au … 1,2 … vai logo, droga!

O pior é que sempre estou sozinho nessas horas. O olhar atento de outra pessoa sempre pode ajudar num momento desses.

As contrações aumentam … Acho que agora é fase mais crítica, o clímax! Ah! Tá doendo ! 1,2 …1,2 !!

Aqueles que tentaram segurar esse momento por muito tempo acabaram se dando mal! Não vou cair nesse erro. Vai! vai!

Já está acabando, só falta o finalzinho. Outro momento perigosíssimo. Aliás, muitas vezes broxante!

Olho pra cima, seguro o seu pezinho recém-nascido. Reconheço que não é das melhores, mas também não acho a pior das que na minha frente. Há sempre um pouquinho de emoção nesses horas. Minha filha!

Agora só falta chorar e aí estará viva, correndo o Mundo e provocando reações que nunca poderei imaginar. Vai filha, vai que eu continuarei aqui com meus olhos de criador, orgulhoso e feliz, e com a sensação de dever cumprido!

P.S.: A série “Quem não morre não vê Deus …” sempre trará crônicas criadas num momento de “branco” total, onde qualquer coisa que me passe pela cabeça se tornará o tema.

Compartilhe!

4 Comentários on "Da série “Quem Não Morre Não Vê Deus” – O Parto"

  • Kris diz

    Inteligente e oportunista…hehehe…tesão…

  • Rafael diz

    PICARETA!

  • anninha diz

    Pára! Deixa ele, Rafa! Não sei qual é a sa vez, mas deixa ele! (afinal, ele é Deus!)

    Ri, tá muuuuuiiito boa!

    Muito criativa (pra variar), muito gostosa de ler.

    Se isso é foi um momento de branco total, tô com medo de ver o inspirado… *rs*

    (nem o monte de inspiração que te mandei ajudou?!)

    Bjo.

  • Fabiane Secches diz

    Até em momentos de branco total, vc é ótimo. Escreva sempre, mesmo sem inspiração. Quem tem talento, pode.

    Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *