Marmelada!

Como são as coisas, não? Assistindo a um comercial russo, entendi a mocinha falando “marmilada” no meio de uma canção absolutamente incompreensível aos meus ouvidos. Foi muito feliz sentir uma nesga aquecida de luz sonora dentro da gélida escuridão da minha ignorância. Lembrei-me, na sequência, da famosa canção “Lady Marmalade” e, então, tive que parar o vídeo.
 
Achei curioso como línguas de origens distintas – português (românica/neolatina), inglês (germânica ocidental) e russo (eslávica) – têm uma palavra tão parecida para algo tão banal.
 
Fui pro google translator e comecei a brincar. Em espanhol, marmelada é mermelada. Em italiano, “marmellata”. Em alemão (ah, vá?!): orangenmarmelade .
 
Aí não teve jeito e resolvi testar, um por um, todos os 104 idiomas disponíveis. E não é que 76 apresentam um verbete com uma sonoridade próxima da nossa querida “marmelada”? Duvida?
 
Em azerbajano: marmelad
Em africâner: marmemlade
Em albanês: marmelatë
Em amorico: marmalade
Em azerbaijano: marmelad
Em basco: mermelada
Em birmanês: marmalade
Em bósnio: marmelada
Em catalão: melmelada
Em casaque: мармелад (leia-se: marmelad)
Em cebuano: marmalade
Em chicheua: marmalade
Em chona: marmalade
Em cingalês: marmalade
Em coreano: 마멀레이드 (leia-se: mameolleideu)
Em corso: marmellata
Em croata: marmelada
Em curdo: marmalade
Em dinamarquês: marmelade
Em eslovaco: marmeláda
Em esloveno: marmelada
Em esperanto: marmelado
Em estoniano: marmelaad
Em filipino: marmelada
Em finlandêss: marmeladi
Em frísio: marmelade
Em gaélico escocês: marmalaid
Em galego: marmelada
Em galês: marmaled
Em georiano: marmalade
Em grego: μαρμελάδα (leia-se: marmeláda)
Em hauçá: marmalade
Em havaiano: marmalade
Em hmong: marmalade
Em holangês: marmelade
Em igbo: marmalade
Em ioruba: marmalade
Em irlandês: marmalade
Em japonês: マーマレード (leia-se: māmarēdo)
Em javanês: marmalade
Em khmer: marmalade
Em laosiano: marmalade
Em latim: marmalade
Em letão: marmelāde
Em lituano: marmeladas
Em luxemburguês: marmalade
Em macedônio: мармалад (leia-se: marmalad)
Em malaiala: മര്മലദെ (leia-se: marmalade)
Em malaio: marmalade
Em malgaxe: marmalade
Em maltês: marmellata
Em maori: marmalade
Em mongol: marmalade
Em norueguês: marmelade
Em pachto: marmalade
Em polonês: marmolada
Em quisguiz: мармелад (leia-se: marmelad)
Em romeno: marmeladă
Em samoano: marmalade
Em sérvio: мармелада (leia-se: marmelada)
Em sessoto: marmalade
Em hindi: marmalade
Em sueco: marmelad
Em sundanês: marmalade
Em tadjique: marmalade
Em tcheco: marmeláda
Em telugo: మార్మాలాడే (leia-se: mārmālāḍē)
Em turco: marmelat
Em usbeque: marmelad
Em xhosa: marmalade
Em zulu: marmalade
 
Uma variação razoavelmente frequente nas línguas asiáticas, mais no subcontinente indiano, é o termo: murabba, murabbā, ou algo parecido.
 
Ou seja, se um dia você acordar absolutamente perdido, ouvindo um idioma muito estranho, é só gritar “marmelada” (ou na pior das hipóteses “murabba”), que, pelo ao alto teor calórico deste tipo de doce gosmento, de fome você não morre.
 
Só os nossos amigos franceses (cada vez mais, remando contra a maré) é que não entraram na brincadeira. Pra eles, amigos e amigas, marmelada é confiture.
 
P.S.: Pra você, Volpa, seu marmelento!

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *