The piano has been drinking

– Acho que o piano está bêbado.
– Do que você está falando? Olha, acho que a gente deve vender.
– Eu não sei. A carteira não me deixou pensar direito.
– A carteira?
– É, ela ficou me encarando o tempo todo.
– Paulo, a empresa tá falindo. Os caras vão pedir nossa falência.
– Te sufoca?
– O quê, a situação?
– Não, a gravata. A minha tem crises de auto-estima. Me aperta de um jeito…
– Acho melhor a gente sair deste bar. Você está muito melancólico para discutirmos isso.
– Eu até gosto daqui. Me traz boas recordações. Só que a garçonete nunca tem um sismógrafo. Nunca! E aí ela te xinga, sabe?
– Paulo, você está bem?
– Eu estou. Mas acho que o piano tem bebido muito.
– Não presta atenção na música. Escuta. A gente tem que pensar no que fazer. Esse lance de off-shore não ajuda.
– É verdade… e o que a gente faz com o nosso balcão?
– Sei lá o balcão! Não tem a menor importância o balcão.
– Já pensou se ele ficar que nem este aqui? Está cheio de manchas de pele. Coitado.
– Paulo, você está brincando comigo? Tá usando drogas?
– Eu não. Mas o telefone tá sem cigarros, olha lá.
– Já sei, a Marisa saiu de casa de novo, é? Não vai me dizer, que justo nessa hora em que a empresa…
– Shhhh!
– ?
– Os cinzeiros estão lá, reclamando da aposentadoria.
– Ah, eu desisto. Você está bêbado! Uma coisa séria dessas, e você bêbado. Bêbado, ouviu?
– Nãaao! É o piano que está bêbado. É o piano. Não eu. Eu não. Aliás, olha o resfriado dos menus…

Compartilhe!

12 Comentários on "The piano has been drinking"

  • anninha diz

    Vc por acaso perguntou se podia usar a “minha” crônica??? *rs*

  • Camila diz

    Experiência pessoal?

  • Juliana K. diz

    Gostei do nonsense…

  • André diz

    Rapaz, sabe que eu já vi árvore bêbada e chão levitar, nunca tive a oportunidade de ver um piano tomar uns porres….

  • malena diz

    que viagem!

  • Tom Waits diz

    heh.

  • Já gosto das pessoas totalmente doidas, aquelas que escondem o que sentem, não procriam a espécie e comem o próximo.

    Gosto dos canibais que tomavam o sangue de seus inimigos para sentir e adquirir sua força.

    Gosto da Xuxa e da Eliana.

    Quero ser Fernando Henrique Cardoso quando crescer.

    Quero casar com a Sasha, aparecer em Caras.

    Não sair das colunas sociais beijando pessoas que odeio mas que sei que irei comer como um antigo guerreiro.

    Lamber o sangue

    Mastigar o coração

    Chupar o cérebro

    Ou então somente começar a pecar e repartir meu pão podre e embolorado

    Neste momento sou um ideal, um desejo, um projeto, um esperma, um sentimento de tesão.

    Nada mais pode me impedir de repetir os passos ideológicos de meu ídolo Bush, o pai e o filho.

    Construir a bomba atômica brasileira e começar a guerra contra os argentinos – eles realmente precisam que alguém os mate!

    Bom lá vou eu leve sensação de desconforto que deve ser extirpada do corpo.

    A masturbação acontece, para onde vou?

    Sim há uma luz no fim do túnel e Deus está morto.

    Lá vou eu e nada pode me parar, Hitler, Mussolini, Bush, Geisel, Ho Chi-min, Stalin, Mao Tsé-Tung, Collor serão passado.

    Meu futuro me aguarda.

    saindo e pulando junto com a secreção feita por uma glândula…

    parei e cheguei

    escuro, com uma textura macia, hum… óleo de amêndoas, não sabia que elas se cuidavam tanto assim!

    Mas está meio seco aqui não?

    O que seriam estes desenhos de flores em relevo? Um novo tipo de tatuagem?

    Cof… a-ham!

    Onde estão os tão temidos sucos vaginais?

    Bom, pelo menos posso ficar encostado aqui e esperar meu óvulo chegar…

    Nossa! Agora ficou escuro e apertado, deve ser o encontro, ela deve gostar do escurinho.

    Barulho de papel amassado e mais um odor horripilante de merda com urina!

    Peraí…

    por que meu rabo está parando?

    Por que estou secando?

    Por onde estou sendo absorvido?

    Será!?

    Será possível?

    tão belo projeto de ser humano!

    Não!

    Nada contra a masturbação mas puta que pariu! Logo eu!

    Bem, chegou o momento final, minha energia já se foi… meu plano foi para o espaço, só me resta a mensagem final:

    NUNCA ESQUEÇAM DE USAR PAPEL HIGIÊNICO COM ÓLEO DE AMÊNDOAS.

    *nenhum esperma foi morto durante a construção deste texto.

  • Claudio diz

    Uma merda! Acho que era isso que vc queria colocar ali: UMA MERDA

    Falta de leite materno?

  • Leonardo diz

    Dan Hicks and the Hot Licks – The piano has been drinking. Sem mais…

  • eu diz

    ow o mane la em cima quer entrar pro cronistas? se ja usou esse oleo volps?hahahahahah

  • gisela diz

    Parabéns, é muito inteligente e engraçada. Uma daquelas que a gente tem vontade de ter escrito. Até o titulo em inglês é perfeito para o nonsense da história. Do caralho.

  • gisela diz

    nao sei o acontece nesse site. A primeira frase do meu comentário acima foi totalmente alterada. Uma pena. Estava escrito parabens ao autor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *