A Maior Mentira do Mundo

Na infância acredita-se em muitas coisas. No Papai Noel, no coelhinho da Páscoa e na virgindade da Angélica. Eu, além disso, também acreditava na propaganda. Ia até a padaria, comprava um Suflair, colocava em cima da mesinha da sala, e ficava sussurrando “suuuuflaaair” repetidas vezes, mas o chocolate nunca flutuava. Problema de entonação, não tenho dúvidas. A moça da televisão sabia cantar certinho, e funcionava. Entonação.

Essas coisas todas, aprende-se mais tarde, não passam de invenções para convencer as crianças a serem boazinhas o ano inteiro (eu nunca fui, mas a indulgência vinha mesmo assim), ou convencê-las a comprar o produto certo. As mentiras, grandes como elas são, chegam ao ponto de inventar um velho barbudo maníaco por dar presentes, um coelhinho com problemas proctológicos, e o Programa Espacial Brasileiro.

Porém uma certa mentira se mantem geração após geração sem sequer ser notada. Uma mentira grande demais, mesmo para um namorado da Angélica. A verdade é reveladora, leitor. Esta verdade pode ser, inclusive, perigosa. Eu mesmo temo pela minha segurança. Se algo acontecer a mim (um raio, ganhar na loteria, ter um rim falho) podem ter certeza: foi por revelar a verdade. Se você quiser se proteger disso, por favor, não leia. Vá comprar ovos de páscoa, que causam, no máximo, cáries. Melhor uma mentira inofensiva que uma perigosa. Mas a escolha é sua.

Pare agora, ou prepare-se para sofrer as conseqüências.

Pois bem, a escolha foi sua. Lá vai. Você já comeu cereja? Sim, aquelas coisas que vêm sobre os bolos. Cerejas. Crianças adoram cerejas. Elas são doces, vermelhas, e cheias de calda. Todos imaginam que essa calda doce e translúcida seja feita industrialmente, claro. De certa forma, talvez o processo seja parecido com o dos pêssegos em calda. Pêssegos em calda, cerejas de bolo em calda. Certo?

Errado. Essas não são cerejas de verdade. Essas “cerejas” confeitadas são de… bem… er… como dizer? Imagine uma coisa que você não comia, absolutamente, na infância. Na verdade, nenhuma criança come, sábia que é. Descobriu?

Sim, chuchu. Chu-chu. Pegam aquela coisa verde, nojenta e cheia de água para transformar, com glicoses e aromatizantes mil, na sensual cereja. A cerejinha que coroa o sorvete é, na verdade, o chuchuzinho do sorvete. A luta pelas bolinhas vermelhas do bolo é, afinal, uma luta para ver quem come mais chuchu.

Crianças se digladiando nas festas por chuchu. Chuchu! Que louco sádico inventaria tal artimanha? Como puderam nos enganar tanto tempo? É um absurdo! A humanidade está perdida. Como confiar agora nos concursos de misse, no sorteio dos times para a Copa do Mundo, na paz entre os homens?

Mas esperem. Talvez ainda exista alguma esperança. Se der certo, é claro. Tentem comigo. Encha os pulmões e sussurre: Suuuuuuflair…

Compartilhe!

18 Comentários on "A Maior Mentira do Mundo"

  • Rafael diz

    Hahahahahaha, custei pra acreditar……. mas vc voltou a escrever meu caro…..inacreditavel….. e ficou bom…. hehehehe

    keep walking Volps….

  • Parabéns, Mamute!! Muito boa! Ao seu velho estilo que eu nem lembrava mais!

    Parabéns!

  • anninha diz

    mto boa, Volp…

    mesmo que eu nunca tenha gostado de chuchu assim, prefiro mesmo (desde criança) o chuchu natural, sem glicose e aromatizantes. aliás, a cereja tbm, daquelas que vem com o talinho.

    mas o suflair… ai, ai… tbm continuo tentando.

  • malena diz

    nossa! Agora me senti livre para fazer uma revelação. Com medo de retaliações guardei também um segredo após todos esses anos: algumas cerejas são feitas de mamão! É verdade! Cuidado, porque vocês podem estar sendo mais uma vez enganados, pensando que estão comendo cerejas de chuchú que na verdade são cerejas de mamão!

  • Kris diz

    nunca gostei de cereja…tá explicado…

  • julia diz

    nossa, pera ai q tou tentendo parar de rir.hahahhahah…. poxa c cerejas são feitas de chuchu do q será que são feitas as saucichas em latadas… ainda bem que ñ gosto de cereja…

  • eu já sabia, e sempre gritei aos 4 ventos que odiava cereja por causa dessa porcaria vermelha que me enfiavam goela abaixo. recentemente minha mãe comprou cerejas verdadeiras e eu tive os olhos descobertos (af). mas ainda tenho que dizer que odeio cereja, pq essa bolinha vermelha de chuchu não como nem amarrada…

  • gisela diz

    Do cacete essa cronica, parabens, grande criatividade, ritmo, tudo de bom. Eh um presente.

  • Não pára mais, não!! Cheguei aqui por causa do seu blog que estava num outro blog que era indicado num blog do amigo de um amigo meu que tem um blog! Uffa! Entendeu?

    Comecei a ler enquanto escrevia no meu próprio blog e com os olhos envesgando de cansaço já é outro dia. Comecei a Ler uma e fui lendo as outras mais antigas e voltei para a da semana e aí saquei que vc não escrevia faz um tempão! Ao menos tive a sorte de chegar agoro e apreciar a sua nova fase produtiva! Que a Lua te ilumine! Se não ela, ao menos eu!

    Beijo, Rapaz até a próxima!

  • Não pára mais, não!! Cheguei aqui por causa do seu blog que estava num outro blog que era indicado num blog do amigo de um amigo meu que tem um blog! Uffa! Entendeu?

    Comecei a ler enquanto escrevia no meu próprio blog e com os olhos envesgando de cansaço já é outro dia. Comecei a Ler uma e fui lendo as outras mais antigas e voltei para a da semana e aí saquei que vc não escrevia faz um tempão! Ao menos tive a sorte de chegar agoro e apreciar a sua nova fase produtiva! Que a Lua te ilumine! Se não ela, ao menos eu!

    Beijo, Rapaz até a próxima!

  • diz

    Volps, essa continua sendo uma das crônicas mais engraçadas que já li em toda minha vida. Parabéns!

  • Muito boa, de novo, seu estilo é ótimo. Ah, e fiquei chocada com a revelação.

  • Mariah diz

    Estava eu e meu namorado comendo uma deliciosa banana split com 2 cerejinhas em cima das 3 bolas de sorvete quando ele me diz que não gostava daquela fruta, eu, ja sabendo da cereja de chuchu, viro pra ele e digo: “Mas é claro, você nunca comeu uma cereja de verdade”…. E até agora não consegui provar pra ele que todas as cerejas de restaurante,sorveteria,confeitaria,etc,etc… são de chuchu!

    Peço a sua permissão para poder postar o seu texto no meu fotolog para comprovar à todos que não acreditaram em mim que “Papai Noel não existe”!!

    Nossa viu, não é tão perigosa assim essa revelação, poucos acreditam nela!hahahaha

    Mas o seu texto está excelente!!Soh fui procurar na internet a receita de cereja de chuchu e encontrei um texto muito melhor do que ingredientes endereçados!!!Espero que agora acreditem.

    abraços

  • Silvia diz

    Uou

  • Elaine diz

    Pra mim cereja não é só feita de chuchu! Ela tem uma pitada daquele remédio para enjoo chamado dramin!!! ODEIO cereja!!

  • Eloi diz

    Pois é,
    Somente hoje, 13/04/2010, eu descobri isso!
    Ainda bem que nunca tive dinheiro pra comprar cer… digo, chuchu!

  • Rosangela diz

    Estou chocada,amo cereja e chuchu também ,kkk

  • letícia.carvalho diz

    muito chocada a vida toda enganada por um chuchu disfarçado de cereja um pessego em calda disfarçado de chuchu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *